Lacres de latinhas de refrigerantes, sucos e outras bebidas, como cervejas e chás gelados, pouco chamam nossa atenção no dia a dia.

Na maioria das vezes, os jogamos fora sem nem pensar muito a respeito. Mas a verdade é que, sem querer, estamos descartando algo que pode mudar a vida de muitas pessoas.

Já ouviu falar na iniciativa Lacre Amigo? Ela troca os lacres de latinhas por cadeiras de rodas. Para fazer a troca é necessário juntar 100 garrafas PET de 2 litros cheias de lacres de alumínio (o que dá cerca de 30 mil lacres).

O projeto é mantido pela Arteris, companhia do setor de concessão de rodovias no Brasil, em parceria com cooperativas que garantem a reciclagem adequada dos lacres de alumínio.

Para aqueles que querem ajudar a causa, a empresa instalou postos de coleta nos Estados do Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, em que podem ser depositados os lacres das latinhas – em vez de descartá-los no lixo comum ou mesmo na lixeira de recicláveis.

Pessoas interessadas de outros Estados do Brasil também podem ajudar o projeto pela internet.

As cadeiras de rodas conquistadas por meio dos lacres juntados nestes postos de coleta vão, principalmente, para idosos em situação de vulnerabilidade social que vivem em asilos localizados nas cidades onde a companhia atua. Em relatos emocionados no site, os velhinhos expressam grande felicidade ao receber as cadeiras. Vale a pena conferir!

Incentivo à reciclagem + ajuda a quem precisa? Nós amamos!

(Autor: Mattheus Goto)
(Fonte: thegreenestpost.com)

Compartilhar

RECOMENDAMOS



Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

35 COMENTÁRIOS

  1. Bem interessante, vc precisa juntar “apenas” 100 garrafas pet, com somente 30 mil lacres para “ganhar” uma cadeira de rodas que, acredito ser de última geração!
    Eu com uns poucos trocados, comprou cadeiras de rodas descartadas, reformo e doou às entidades assistenciais e para pacientes carentes sem se quer pedir algo em troca. Ano passado doei ao menos umas seis cadeiras. Enquanto os gananciosos quererem levar vantagens em tudo, infelizmente, está nação está longe de ser um país sério !

    • A ideia é acostumar as pessoas a fazerem coisas sem muita lógica, sem questionar, imaginando que são boazinhas… é um.tipo de adestramento… alguém disse que é bom… não custa nada… então faço, sem questionar a lógica sem refletir se tem alternativa melhor. Treina obediência cega, em nome do coletivo….

    • Se as pessoas quisessem ajudar racionalmente usando o cérebro e não obedecendo… poderia juntar a lata inteira vender pra reciclagem e usar o dinheiro pra fazer caridade… mas treinamos acreditar que alguma ONG tem as suas razões e fará melhor… é só adestramento com vontade de receber aprovação e fazer parte… funciona

    • Concordo ,quem vai juntar 100garrafas pet,eu e minha familia durante. um ano juntamos 2 ,teremos que beber mais quantos anos pra juntar 100,vamos morrer e nao conseguiremos ..kkkkk

    • Desculpe mas discordo de voce, enquanto podemos juntar ao
      invés de jogar fora, doando para uma entidade, e esta junta
      tudo que ganhou e troca
      por cadeiras, isso ja faço há muito tempo, e demais a mais, nem todos tem condições financeiras como a sua
      para comprar reformar e doar.

    • Muito legal sua iniciativa, mas nem todos temos dinheiro ou habilidade para comprar e reformar cadeiras de rodas. Nem por isso, tiremos o mérito das ONGS que trocam os lacres por cadeiras e eu mesma junto lacres há anos, doo para as ONGS, na quantidade que eu consigo.; várias pessoas juntas alcançam o objetivo de 100 garrafas pet.

  2. Eu tenho 5 garrafas pets cheias de lacres, totalizando 9760 lacres. Moro no bairro da Tijuca no Rio de Janeiro. Fiz contato com um ponto de coleta indicado pelo Lacre Amigo e que fica próximo a minha residência. A resposta foi que o posto de coleta esta superlotado aguardando a coleta do material estocado. Previsão de nova entrega em Fevereiro de 2019. Vou mantendo os lacres pois acredito nesta ideia mas vou começar a procurar outras organizações que possam ser mais ativas no recebimento da doação.

  3. Acho que se todos nós fizermos um pouquinho, teremos muito, nao devemos esquecer também que um dia ficaremos velho e quem sabe nao estaremos usando a cadeira de rodas que vc mesma juntou.Ha mais de 3 anos já faço a coleta desses lacres e entrego ao Lions Clube de minha cidade.La eles da o destino correto pros lacres.Cidadania galera!!!

  4. Em Novo Hamburgo, onde moro, juntamos com nossos alunos, nas escolas durante o ano. Envolvemos toda a comunidade escolar, restaurantes, bares, vizinhos da escola… As pessoas souberam pelo jornal local e vinham trazer garrafas cheias de lacres. Em 2018 as turmas doaram uma cadeira para o Hospital Municipal. Pode parecer pouco, mas se cada escola fizer o mesmo…

  5. A propósito, 01 garrafa pet cabem 3.600 lacres. 100 garrafas são 360.000 lacres. O objetivo é nobre, mas 360.000 latas pesam 6.000 kg que ao valor unitário de 3,00 o kg rendem r$ 18.000,00 que da pra comprar pelo menos 60 cadeiras de rodas a 300,00 cada..

  6. Olá, sou do comitê de Voluntariado da Arteris no Rio de Janeiro e para maiores informações vocês podem encontrar no nosso site http://www.lacreamigo.com.br/. A entrega dos lacres podem ser nos nossos postos e estamos a disposição para receber, também retiramos na casa da pessoa nas cidades que permeiam a nossa rodovia! Neste mês iremos doar 3 cadeiras de rodas graças ao apoio de toda população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here