Vivemos em um mundo onde dizemos às pessoas que só há uma resposta: “Está tudo bem”. Quando alguém não está sorrindo e pulando, dizemos a eles que algo está errado. Nós insistimos que a vida é maravilhosa e todo mundo adora estar vivo. Mas todos nós sabemos no fundo que tudo é pretensioso e raramente todos estão realmente bem.

O mundo dos sonhos que tentamos pintar em nossas mentes nunca existe. Todo mundo luta contra seus próprios demônios; Todos nós lutamos para passar bem o dia. A realidade é que a doença mental está viva e em todo o mundo. Ninguém é neurotípico, nem todo mundo é igual.

Para a menina que às vezes passa o dia na cama, porque o mundo é demais: às vezes não há esperança para a saúde mental (e tudo bem). Aquelas pessoas que dizem que isso pode ser pior, não sabem realmente como é o fundo do poço. Às vezes a vida é esmagadora, e fingir um sorriso é um feito desgastante. Você toma suas pílulas, calça seus sapatos, mas deseja que simplesmente a dor desapareça. Talvez amanhã as coisas mudem (ou talvez elas não mudem). É muito difícil dizer.

Se a previsão de dias ensolarados ou chuvosos é irrelevante, no entanto. A vida não é toda a luz do sol e arco-íris. Até mesmo a tristeza, eventualmente, salva o dia.

Para o cara que evita contato visual e agita quando ele fala: Às vezes não há esperança para a saúde mental (e tudo bem). Seu irmão pode achar fácil ficar na frente de grandes multidões, mas isso não significa que isso é para você. Às vezes as pessoas fazem você suar, e você se preocupa que alguém vai ver você tropeçar. Você tenta fazer compras como seu terapeuta disse, mas desiste no meio do caminho. Talvez você tenha sucesso na próxima vez (ou talvez não). É muito difícil dizer.

Se você entra em pânico ou persevera, realmente não importa. Porque você não precisa desse ânimo para continuar respirando. A vida nem sempre é suave e calma. Além disso, as pessoas são muitas vezes superestimadas de qualquer maneira.

Para a mulher que congela cada vez que ela ouve o nome de quem ama. Às vezes não há esperança para a saúde mental (e tudo bem). Aquelas pessoas que dizem para você deixar de ser dramática não entendem como é ser esse tipo de vítima.

Às vezes você entra em pânico quando entra em uma sala, e as paredes começam a se fechar. Você inspira profundamente, conta até 10, mas esse medo simplesmente não se desvanece. Talvez um dia você passe por essa reunião sem nada sentir (mas provavelmente não). É muito difícil dizer.

Se você pode fingir ser “um grande cara” realmente não é um grande problema de qualquer maneira. A vida nem sempre é tão simples como “perdoe e esqueça”. Afinal, suas memórias fizeram de você quem você é hoje.

Para a pessoa que se pergunta se o que ela sente é real ou apenas um sonho: às vezes não há esperança para a saúde mental (e tudo bem). Seus colegas de trabalho podem não entender e pensar que você está apenas se queixando deles. Às vezes você literalmente perde dias ou semanas na cama, e a maneira como você vê as situações nunca parece a mesma. Você pensou que os remédios parariam as visões, mas agora elas estão voltando. Talvez um dia você se sinta normal (ou mais provável que não). É muito difícil dizer.

Se você procura ajuda para toda a sua vida ou não, isso não deve significar nada. A vida não é sobre conformidade; é sobre pavimentar seu próprio caminho. Até pessoas que não alucinam esquecem e cometem erros.

É hora de pararmos de mentir para nós mesmos dizendo que a vida é linda e grandiosa. O mundo pode ser nossa ostra, mas a vida muitas vezes é sombria e mundana.

Da próxima vez que você estiver lutando para encontrar uma saída, simplesmente desista. Sério, com ou sem isso, eu prometo … você vai ficar bem. Deixe passar, amanhã é outro dia. Siga a sua vida, tome seus medicamentos, vá à terapia e… tudo bem. Ficará tudo bem, está tudo bem.

Autora: Megan Glosson
Fonte: thoughtcatalog.com

*Texto traduzido e adaptado com exclusividade para o site Fãs da Psicanálise. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

(Imagem: Kevin Quezada)
Compartilhar

RECOMENDAMOS



Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here