Apesar de ter muito menos recursos, em termos de disciplina, eles parecem não estar tão longe de países como o Japão. Todos cumprem e contribuem.

Chulucanas é uma cidade peruana conhecida por sua cerâmica, uma tradição da etnia indígena Carving, famosa pelo artesanato costrumbrista e mestiço. É uma cidade de poucos recursos, que leva sua economia adiante com o cultivo e exportação de frutas como manga e limão. Atividade econômica paralisada pela chegada de uma pandemia tão grave quanto o coronaviru, que já soma mais de 7.500 casos de pessoas infectadas e 193 fatalidades no Peru.

De fato, apesar de suas medidas e disciplina incríveis, Chulucanas teve uma morte, uma menina de dois anos que morreu de COVID-19, tendo sido um dos cinco casos de contágio na cidade.

Apesar de sua trágica morte, esta humilde cidade no Peru manteve um baixo índice de infecções, e isso pode ser explicado pelas medidas que foram tomadas, mas sobretudo pela disciplina e criatividade do povo chulucano.

Todos se preocupam em respeitar as medidas impostas pelas autoridades, porque sabem que é para o maior benefício do povo.

Uma dessas medidas é o respeito sagrado pelo distanciamento social em todas as atividades realizadas na rua ou em centros que fornecem suprimentos básicos. Porque nesta cidade e em todo o Peru, a quarentena obrigatória foi decretada para impedir a disseminação do coronavírus, além de outras medidas, como o fornecimento de produtos básicos que devem ser distribuídos pelos municípios após o recebimento do governo central.

Mas, sem dúvida, é na hora das filas para comprar no supermercado ou para realizar outra atividade importante, quando você vê a disciplina desta cidade. Por serem auxiliados por pessoal uniformizado, eles fazem longas filas nas quais há visivelmente metros de distância entre cada pessoa, que são orientados para essa realização através de desenhos no chão.

Mas isso não é tudo, porque os próprios trabalhadores do Banco da Nação de Chulucanas também demonstraram sua criatividade inventando alguns artefatos rústicos feitos com um tubo de PVC e um filtro, para que os clientes possam depositar seus documentos e dinheiro impedindo o contato que poderia facilitar a disseminação do COVID-19.

Sem dúvida, mais iniciativas como essa surgirão, pois as pessoas estão determinadas a contribuir com engenhosidade e criatividade para evitar o temido contágio.

Essas e outras demonstrações da disciplina e criatividade do povo de Chulucanas podem ser acompanhadas e vistas na página do Facbook, Chulucanas – moradores de Lima , onde demonstrações de como as pessoas com poucos recursos devem lidar, mesmo nas situações mais difíceis, estão constantemente carregando.

(Fonte: nation)

Você sabia que o Fãs da Psicanálise também está no Instagram e no Facebook? Que tal fazer uma visitinha para nós por lá?

Compartilhar

RECOMENDAMOS




Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here