Os dias passam e quando percebemos já chegou o Natal, já é um Novo Ano e aparentemente não concluímos todas as nossas metas, abandonamos sonhos pelo caminho e temos a sensação de desperdiçarmos o tempo.

Com a realidade que vivenciamos durante a Covid-19, fomos obrigados a ter uma válvula de escape para permanecermos sóbrios durante a pandemia. Muitos usaram como muletas emocionais as séries da Netflix, o álcool, dormir, lives… mas muitos outros se reconectaram com si próprios.

Olhar para dentro é uma experiência que assombra, pois quando pensamos sobre a nossa própria vida, refletimos se realmente somos aquilo que aparentamos ser. Esse olhar pode gerar angústia, ansiedade  e dor.

Nesse vislumbrar das nossas sobras, a intuição floresce. Regamos a nossa capacidade mental com a energia necessária para observarmos mais ao redor e passamos a ver e ouvir o que não é dito em palavras ou olhares, nós simplesmente sentimos, ou seja: ficamos com as emoções a flor da pele.

Aproveitar o dia para enfrentar a vida sabendo quem somos e com a dignidade de reconhecer nossas fragilidades, é um avanço. A maturidade vem através desses momentos. Ficamos mais inteiros para as batalhas que estão por vir, pois conhecemos onde dói e sabemos dos nossos limites.

Entretanto, apesar de importante para nossa evolução, apenas esse olhar para dentro e ter essa reconexão, não bastam.  Há algo crucial para nosso desenvolvimento como seres humanos, que se chama: atitude.

Colocar em prática o conhecimento adquirido, demostra que o aprendizado valeu a pena e que somos sábios.

Como sempre digo: Seja você, seja feliz,

Natthalia Paccola

Você sabia que o Fãs da Psicanálise também está no Instagram e no Facebook? Que tal fazer uma visitinha para nós por lá?

Compartilhar

RECOMENDAMOS




Natthalia Paccola
Desde que começou os estudos em Psicanálise e Psicoterapia, a jornalista, bacharel em Direito e mestre em Ciências Naturais pela Unicamp,  Natthalia Paccola levanta uma premissa sobre a sua vida profissional: nunca aceitaria rótulos ou doutrinas acadêmicas. Mas é claro que sofre influências de vários pensadores. Sua grande fonte de inspiração como autoridade em levar Luz para o Bem através de mídias sociais, no entanto,  tem sido os seus próprios seguidores, cerca de 10 milhões que passam semanalmente pela sua Fanpage, Grupos, YouTube, Site, Instragram ou Twitter.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here