Cada vez mais nos deparamos hoje em dia em nós mesmos e nas pessoas à nossa volta com a necessidade crescente de chegar à perfeição. Mas o que será isto da perfeição? Um corpo perfeito? Um desempenho perfeito?

A perfeição acaba muitas vezes por se transformar no mais importante a obter, para corresponder às nossas expectativas e às expectativas que os outros têm de nós, ou pelo menos que nós achamos que eles têm.

A animação “Perfeito”, de Mauricio Bartok nos mostra o quanto as idealizações e a expectativa de perfeição tornam nossos olhos despreparados para a real beleza que nos cerca.

Levado às últimas consequências, o perfeccionismo pode ser, de fato, destruidor.

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here