No complexo mundo dos relacionamentos, brigas e discussões acabam fazendo parte da rotina dos casais.

Tudo perfeitamente natural, pois a convivência diária nem sempre é muito prazerosa e de vez em quando, os nervos ficam à flor da pele.

Mas se você é daquelas que sempre fala amém para tudo, não briga por nada e não tem voz ativa, saiba que você não é uma pessoa muito confiável para uma relação.

Segundo dados de uma recente pesquisa norte americana, mulheres ditas mais brigonas são as melhores para se ter ao lado, ao contrário daquelas que falam pouco e aceitam tudo. O fato é que aquelas mulheres que brigam e questionam tudo é porque elas apostam e acreditam na relação, visando sempre o bem estar do casal.

Leia mais: Sou durona o suficiente para ser frágil

O principal motivo, segundo a pesquisa, é a importância que seu parceiro tem para elas e o real desejo de um futuro promissor ao lado do amado. Essas mulheres mais brigonas prezam por um equilíbrio na relação, ao contrário de outras mais mansinhas, que qualquer coisa que homem diga ou faça, está de bom tamanho.

Geralmente mulheres que não se importam com nada e que deixam o homem livre para fazer o que quiser, não são muito confiáveis e se você tem uma mulher assim, é melhor repensar sua relação antes que seja tarde demais. Mulheres desse tipo gostam de uma relação superficial e sem muito envolvimento afetivo e nunca fazem plano com o parceiro.

O motivo é simples, pois quando se cansarem de você, fica mais fácil desfazer os laços, sem choros nem velas. Todo cuidado é pouco.

Leia mais: Moço, você faz ideia da mulher que tem do seu lado?

Se a sua namorada ou companheira é brava e falante ao extremo, dê graças aos céus e a mantenha do seu lado, sempre. O diálogo nesse ponto é muito importante e vale a pena escutar o que ela tem a dizer até mesmo pela segurança emocional dela, ou por outro motivo.

O homem que tem uma mulher brigona deve valorizá-la ao máximo, porque é uma prova de ela realmente se importa com você e preza pela relação. Além de demonstrarem sinceridade no que dizem, podem ser eternas apaixonadas e fazer o homem feliz.

(Fonte: br.blastingnews.com)

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

33 COMENTÁRIOS

  1. É sério que este site reproduziu isso? Não é possível, nem acredito no que acabei de ler. Não vi nada q provasse que mulheres brigonas são as melhores no relacionamento, me poupe querer comparar discrepâncias tão extremas como ‘brigonas’ e ‘boazinhas’.

  2. Qual a fonte dessa pesquisa? Quem foi o autor? Qual universidade? Quantos anos levou? Vcs deveriam ter mais responsabilidade com o que postam, pq essa notícia é uma farsa absurda pra ganhar visualizações.

  3. Qual o embasamento científico por trás das afirmativas? Pessoas com este tipo de comportamento tem um ego extremamente alterado, acham que o outro lhe pertence e praticam a castração ao ‘objeto de posse’.
    Somos seres independentes em um novo modelo de sociedade, na qual a liberdade e a confiança deve ser a base de qualquer relacionamento, não existe mais obrigatoriedade em relacionamentos, somente a vontade de ambos.
    Controlar seu ímpeto e analisar a situação desenvolvendo um dialogo saudável é a maior prova de respeito e desejo de preservação da relação evitando desgastes desnecessários.
    Enfim, minha opinião.

  4. Minha opinião é que, existe um manual perfeito para relacionamento perfeito, mas infelismente as pessoas não leem ou ao menos não leem o bastante para tomar a informação…em resumo, não existe relacionamento perfeito sem passar pelas imperfeições da vida e do mundo!

  5. Parabéns, cada um que vista sua carapuça ou mude de comportamento, para um relacionamento sincero, sem jogos e fulga que causam sofrimentos desnecessários, faça o que quer de suas vidas sem prejudicar os outros com sua preguiça e falta de compromisso.

  6. Quanto argumento fraco pra tentar provar uma afirmação… Não vi.nenhum motivo verdadeiro.no texto provando q uma desequilibrada burga o tempo inteiro pq gosta do rapaz…bem fraquinha a matéria…tentem melhorar na próxima pq nessa vcs ficaram devendo…

  7. Sou casado a 17 anos e não vejo vantagem alguma em ter esse tipo de relacionamento. Pesquisa idiota e destrutiva .
    Um relacionamento com equilíbrio e paz é que duradouro.

  8. Que matéria ridícula! Acredito que o ideal seja uma pessoa equilibrada, nem sonsa nem histérica. Moça, desculpe, mas se vc gosta de brigar por tudo, vc está vivendo um relacionamento BÉLICO e não AMOROSO!

  9. Eu acho que tudo deve ser mediano… e talvez foi isso que esse texto quis dizer… acredito que em nenhum momento foi citado que a mulher tem que ser louca, possessiva, ciumenta ou sei lá…Pelo que entendi a mulher deve ter uma postura crítica e dizer tudo que não lhe agrada e nao somente concordar com tudo que o parceiro acha certo.O “brigona” quer dizer que a parceira deve mostrar seu ponto de vista… não foi citado que o “brigona” é por qualquer situação.

  10. Kkkkkkkkk.. Q materia bizarra se eh q isso pode se chamar de materia…. Ctz q foi escrita por alguma neurótica que quer justificar sua doença através de argumentos pífios… Nao sei quem eh mais idiota… Quem escreveu esse lixo ou eu que li ate o final…

  11. PRA MIM A AUTORA DA MATÉRIA OU ESTÁ DESABAFANDO POR TALVEZ SER ASSIM OU QUER MANDAR RECADO PRO NAMORADO, OU MARIDO OU FICANTE KKKKKKK. MDS. QUE MATÉRIA TENDENCIOSA!!!! SE ISSO AÍ FOSSE VERDADE A RECÍPROCA SERIA VERDADEIRA RSRSRS.

  12. Quanta bobagem em um sitr que deveria ser de psicanálise. As brigonas normalmente são as que não aceitam opiniões divergentes, mimadas ou simplesmente mal educadas mesmo. Jamais agradeceria ou mesmo me sentiria bem ppr ter ao lado alguém assim

  13. O tema é muito bom mas cai em descrédito quando o texto apresenta erros de concordância e conteúdo bem questionável. Não pega nada bem para a página, que refere a psicanálise, construída com seriedade e credibilidade. Apenas um toque bem intencionado.🌷🌷🌷

  14. não acredito que um blog como esse publique um texto idiota assim, mal explicado, especialmente com esse título que vai totalmente contra os princípios de harmonia pessoal e de relacionamento.
    Está parecendo que o blog está com falta de matérias.. uma pena !

  15. Texto estereotipado, ninguém é 8 ou 80, não é pq a mulher é brigona q é melhor para se relacionar, na verdade a logica diz o contrario, mas é claro q gosto é gosto; e cada um tem o seu, q lógica é essa de q se a mulher não briga não é apaixonada, sincera, confiável?Isso é questão de personalidade, não é pq a mulher é submissa q não é apaixonada, confiável e etc, tem muitas mulheres q são submissas exatamente por terem uma paixão doentia pelo companheiro e por isso aceitam tudo, claro q existe relacionamentos onde a mulher é indiferente pq não se importa com nada q o outro faz.
    Quem vive de paixões, ciumentas e conflituosas e etc talvez sejam os jovens e os idealizadores do amor/paixão.

  16. Nossa , tbm não gostei do texto. Equilíbrio é crucial, isso é oq sustenta um relacionamento, gente sonsa as vezes só é submissa e não relapsa , gente brava as vezez só é neurótica e não dona da razão, falo por mim. Sou brava , talvez por isso tenhá me interessado pelo texto , mas não concordo com tudo, as vezes cobramos mais por se importar de mais, cobrar mais ação ou qualquer coisa que não vem ao caso . De qualquer forma o texto está mto ruim , parece que foi escrito por uma adolescente sem embasamento, confesso que fiquei com pena da autora lendo as críticas.

  17. A matéria desmerece mulheres equilibradas que conseguem manter um diálogo saudável. Fica uma pergunta, e se os dois forem brigões? Eu busco paz e cumplicidade e quando vc ouve somente a própria voz acaba abafando a voz do parceiro. Ou desestimula quem está com vc ou torna sua vida um inferno. Acredito que ter cuidado pra falar e questionar é sempre o melhor caminho.

  18. E quando mulher é acusada de coisas não faz?quando ela tenta ser o mais compreensível possível e só recebe insulto?quando ela é de boa e ele é brigão,as discussões sempre acabam em dor?acabei de sair de um relacionamento onde eu era boazinha,Não dizia amém pra tudo,mas desconfiava de mim e leio um artigo de uma página dizendo que essas mulheres não são confiáveis? Por favor….mais responsabilidade no que postam

  19. Realmente, foi uma matéria muito fraca. Concordo que uma pessoa muito apática não é bom, assim como outra que fica nervosa por tudo. Possivelmente a matéria foi escrita por uma mulher histérica. Busquemos o equilíbrio!

  20. Não faz sentido essa matéria. Me chamo Carlos, tenho 38 anos e sou homem (hoje em dia não basta se chamar Carlos pra ser homem kkkk). Tive já vários relacionamentos, e como eu não gosto de relações sem uma maior conexão, acabei tendo já umas 8 namoradas de mais de 2 anos. Fato é que minha ultima namorada era briguenta, mas muito briguenta. Encrenqueira mesmo. Vi coisas que nunca esperei ver de uma companheira, como jogar um copo de chopp em outra menina que já conhecia a anos, por um ciúme totalmente injustificado (ela era gerente da casa noturna que fomos e fui pedir pra quebrar nossa entrada (e a dita cuja estava do meu lado (estávamos bêbados))).
    Fato é que ela encrencava com tudo. Brigou comigo por estar comendo rápido, pela forma de me sentar ao sofá, por muitas coisas sem noção. Resumindo, foi o pior relacionamento que já tive. Me trouxe um prejuízo emocional incalculável até o momento, por que ainda estou traumatizado com tantas brigas e loucuras. Minha recomendação é a seguinte, despreze, corra, “fuja loko” de mulheres (de relacionamentos) briguentas. Claro, ciúme moderado é uma coisa até gostosa, mas gente que briga por tudo e não tem controle, não dá. E pra constar, meus melhores relacionamentos foram os mais pacíficos, sem grandes encrencas mas sim, com gente que se importava com o que você fazia de errado. No fundo é tudo uma questão de jeito. Jeito de falar, jeito de ser e a capacidade de achar graça onde outras pessoas já perdem a linha. No fundo, não brigar por tudo é uma questão de inteligencia.

  21. Ser ou não ser brigona,depende!-brigar ou não brigar por nada ou por qualquer coisa,não quer dizer se o relacionamento é bom ou não.O importante é saber a real importância ,e se vale a pena brigar,sadia e racionalmente em prol de um bom relacionamento.Se se sente indiferente ou envolvido demais…Ninguém chuta cachorro morto!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here