Em vários momentos da minha vida passei por questões onde as expectativas alheias foram capazes de me fazer procurar algo para minha vida que na verdade eram os outros que consideravam aquilo importante.

É impressionante como nesses momentos de decisões temos uma tendência incrível de escolher aquilo que os outros querem, sem ao menos nos questionarmos sobre o que nós queremos, às vezes trazendo consequências e prejuízos em nossas vidas.

Quando nos envolvemos em uma sociedade acabamos adotando vontades do todo, isso é normal faz parte de vivermos na coletividade chegar a sensos comuns que satisfaçam a todos.

Mas isso se torna tão automático que quando envolve o nosso bem-estar como nossas carreiras isso se torna uma armadilha imensa.

Recentemente passei por isso e vou dizer, não demorou muito tempo para perceber que a vontade alheia influenciou muito na minha opção profissional e que aquilo não estava de acordo com a minha vontade.

Momentos como esses devíamos pensar sobre o que nós queremos, lembrar dos nossos sonhos e metas, pois se uma decisão é capaz de te fazer sentir algo a respeito do que você imagina para a sua vida, resta mais do que claro que esse é sim o momento de ser egoísta.

Quando começamos a olhar esse cenário de maneira mais clara e ampla notamos que várias pessoas se sentem desconfortáveis em tentar sair do senso comum, pois as vezes as vontades delas não se encaixam com o desejos de outros, como por exemplo um advogado que simplesmente não quer ganhar inúmeras causas milionárias mas sim focar em ajudar pessoas que realmente precisam de ajuda.

Quem dera a nossa vida viesse com algum tipo de passo a passo para poder definir nossas escolhas, mas por mais que seja atrativo se encaixar no molde de que nossos pais imaginam para nós ou mesmo no que a sociedade almeja como importante, as primeira coisa que devemos fazer é lembrar que nem tudo é para todos, e que cada um tem suas próprias vontades e desejos, e que não podemos deixar o coletivo influenciar nas nossas decisões.

“É isso que você quer? É o que você sempre sonhou? Você é feliz com essa escolha?”
Parece bobo mas perguntas simples como essas podem se sem julgamento mudar rumos e tornar nossas decisões mais saudáveis para nós mesmos, pois nossas decisões estão diretamente refletidas no que somos, um conjunto de sonhos e experiências, então vamos fazer o bem para nós mesmos e vamos ser únicos.

Fonte: updateordie.com– muito bom esse site 😍
Autor: Matheus Carvalho

Compartilhar

RECOMENDAMOS




Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here