O mundo está cheio de pessoas machucadas, com vidas despedaçadas, procurando por migalhas de amor que possam compensar todas as faltas.

As pessoas entram em relacionamentos destinados ao desastre, por medo, por carência, e depois reclamam da sorte. Por que o desespero? Por que essa corrida desenfreada contra o relógio? Um status de relacionamento não pode defini-lo(a), ou ser seu termômetro de felicidade. Caramba! Cadê seu amor-próprio?

Você já se encontrou? Já sabe quem é de verdade, já aprendeu a aproveitar a sua própria companhia? Não? Então, encontre-se antes de querer ser encontrado e comece a ser feliz consigo agora mesmo, se quiser um dia ser feliz com outra pessoa.

Apenas deixe a vida ser e acontecer. A hora certa não está escrita em nenhum livro, não é uma regra. A hora certa é o desejo de um coração em paz que se manifesta em um Universo que nos devolve tudo aquilo que oferecemos ao mundo e aos outros.

Só aceite na sua vida, quem puder, quiser e souber ser verdadeira companhia. E enquanto isso não acontecer, fique sozinho, não sacrifique sua paz de espírito por nenhuma migalha de atenção ou amor.

Eu não sei você, mas se for para ter o meio termo, eu prefiro não ter nada. No meu mundo, meu corpo e o meu coração só serão tocados por quem for tão inteiro ao ponto me fazer transbordar.

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Wandy Luz
Wandy Luz tem 30 anos, mora em Londres há 11 e trabalha para a Fundação Bill Gates, é colunista e apresentadora do Boa Noite UK. É colunista do site Fãs da Psicanálise. "Enquanto vivo, sinto e aprendo, compartilho através de um bale não sincronizado de palavras, todos os segredos do meu coração".


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here