Gostaria que minhas palavras pudessem explicar adequadamente o quanto sinto falta de ver seu sorriso e ouvir sua risada. Você era um raio de sol tão brilhante na minha vida e agora que você se foi, não posso deixar de lembrar de todos os momentos que passamos juntas.

Você pensaria que são as grandes coisas que mais me lembro. Eu me lembro daqueles tempos, mas são as pequenas coisas que eu mantenho mais perto do meu coração. São os dias em que entrei em sua casa e disse: “Oi vovó !!!”.

É ler os mesmos livros que você lia, é lembrar da sua voz doce, da aparência do seu cabelo pela manhã.

Às vezes eu esqueço e entro na cozinha para lhe dizer uma coisa, mas você não está lá. Não é preciso muito esforço para olhar pela janela e vê-la sentada na cadeira da piscina. Em um dia difícil, quando estamos em sua casa, às vezes eu gosto de sentar ali e sentir você.

Não passa um dia em que eu não penso em você. Penso nas férias que passamos na Disney World e em visitas simples. O colar de lego, o jeito que você dá um tapinha nas costas e o quão animada você sempre ficava em ver quem entrava pela porta para te visitar.

Os momentos mais difíceis ocorrem quando tento pegar no telefone para ligar para você, mas lembro -me de que não há ninguém do outro lado. Me mata que você não me ouve mais rindo. Mesmo que eu e meus irmão não voltemos a ouvir suas palavras, ainda falamos de você todos os dias. Nós pensamos em você ainda mais.

Uma das melhores lembranças que tenho de você nem é uma memória pessoal completa, é apenas uma imagem. Não tenho certeza de quantos anos tínhamos, mas não parecemos mais velhos que na segunda série. Eu estava usando meu macacão de Moranguinho e minha irmã usando sua camisola da Dora. Fizemos a maquiagem das nossas bonecas e depois a nossa. Nós provavelmente pensávamos que estávamos lindas. Você sorriu tão facilmente e parecíamos tão felizes. Eu estava rindo como se fosse tão divertido (parece que foi).

Essa imagem está gravada em minha memória, assim como suas palavras estão em meu cérebro.

Outra foto que eu seguro perto do meu coração foi tirada logo antes de eu me mudar para a escola no segundo ano. Estávamos tentando tirar uma foto juntas, mas você parou para olhar para mim, me abraçou e me fez sentir como se eu fosse realmente a estrela mais brilhante da sala. Você me fez sentir especial. Aquele momento único foi como tantos momentos antes, mas agora eu o mantenho tão perto de mim.

Há tantos momentos em que desejo que você faça parte. Quando fomos à praia, eu queria ligar para você para contar tudo. Quando tivemos “novidades”, eu queria ligar para você para contar. Quando precisávamos de um descanso, eu queria ir à sua casa para vê-la.

Nós a visitamos o tempo todo agora. Tocamos “The Gambler” duas vezes para você toda vez que a vemos (o que é tão frequente). Plantamos flores para você e conversamos com você o tempo todo.

Eu sinto tanto sua falta que isso parte meu coração, nunca mais vou vê-la. Eu gostaria que você ainda estivesse aqui, mas acho que você não pode. Dói dizer adeus. Eu só espero que você saiba o quanto eu te amei e o quanto eu ainda te amo. Espero que você veja tudo o que estou fazendo aqui em baixo.

A pior parte disso tudo é que não tivemos uma grande despedida como queríamos. Não podíamos ter muitas pessoas lá para dizer adeus. Só fomos permitidos no hospital no final. É tão difícil lembrar e saber que não é assim que você gostaria que fosse, apesar de termos feito o melhor possível, dadas as circunstâncias. Perder você durante esse tempo tornou muito mais difícil.

Às vezes, à noite e em dias aleatórios, eu me pego apenas ouvindo músicas que você ouviu ou que me lembram você. Eu procuro nas minhas fotos antigas para encontrar mais de você. Seguro uma de suas camisas velhas um pouco mais apertadas. As palavras não podem descrever o quanto dói que você não esteja mais aqui conosco.

Espero que você veja as coisas boas acontecendo. Espero que você veja eu me formar. Espero que você veja todas as partes da minha vida que eu realmente queria que você estivesse aqui.

Eu sinto sua falta. Eu te amo.

Autora: Brianna Gavin
Fonte: theodysseyonline
Imagem: Ekaterina Shakharova

*Texto traduzido e adaptado com exclusividade para o site Fãs da Psicanálise. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

Você sabia que o Fãs da Psicanálise também está no Instagram e no Facebook? Que tal fazer uma visitinha para nós por lá?

Compartilhar

RECOMENDAMOS




Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here