A série Dark Angel é uma que vale a pena tirar do baú das memórias e dar uma chance para assistir hoje. Além de mostrar uma femme fatale, Dark Angel nos permite analisar um pouco mais do contexto psicológico de uma mulher empoderada em busca por identidade, relacionamentos e projeto de vida.

Os poderes de Max Guevara

Dark Angel (Anjo Negro em Portugal) é uma série do ano 2000 criada pelo famoso cineasta canadense James Cameron (Titanic, Avatar), que tem Jessica Alba (Sin City, Quarteto Fantástico) no papel da protagonista, Max Guevara. Como o site Filmow nos conta, Dark Angel baseia sua história na cidade de Seattle no século XXI, em meio a um grande problema na economia dos Estados Unidos após um ataque terrorista que causou o desaparecimento de todos os arquivos dos computadores naquele país. Neste contexto aparece Max Guevara, um ser humano geneticamente modificado com o objetivo de transformá-la em uma super soldado. No entanto, Max tem consciência própria e foge da base militar onde estava presa junto com outros 11 ‘transgênicos’, que também fizeram parte do projeto da organização secreta Manticore. Para se esconder de seus perseguidores, Max se cria como parte de uma família em Seattle, onde cresce vendo problemas de violência dentro de casa, além de perceber as dificuldades de viver num mundo pós-apocalíptico.

À medida que a série progride, Max começa a trabalhar como mensageira de bicicleta de dia, enquanto se torna uma ladra à noite, aproveitando seus poderes sobre-humanos que a levam a se encontrar em situações difíceis e de risco. Um exemplo disso ocorre quando Max entra em um cassino operado pela máfia e usa suas habilidades extraordinárias para prever os números da roleta. Neste jogo, em que para ganhar, se deve prever em que número uma bola cairá depois de ser jogada em uma roleta que gira sobre uma mesa, e onde, como mostrado pelas regras da roleta online da Betway, a forma de aumentar as chances de ganhar são apostar em uma cor (vermelho ou preto), ou se a bola vai parar em um número par, ou ímpar. No entanto, Max Guevara efetivamente prevê todos os resultados, ficando em apuros com o dono do cassino e com a máfia que o opera, como aconteceu no capítulo C.R.E.A.M. cuja sinopse é compartilhada pelo site da RTP. Além das consequências de ter uma vida com poderes sobre-humanos e fugir da perseguição militar que quer recuperá-la, Max enfrenta o dilema de querer localizar os outros 11 ‘transgênicos’ que escaparam com ela, para poder ganhar um sentimento de pertença. No entanto, a protagonista continua a mostrar seu lado humano, tentando manter um relacionamento com o jornalista que secretamente investiga a organização militar que a criou, Manticore.

Psicologia dentro de séries de TV

Dark Angel permite que seus espectadores mergulhem na psique de um super-humano, mostrando abertamente os sentimentos que guiam suas ações e tudo o que Max Guevara pode fazer para encontrar sua própria identidade, sendo uma opção possível de incluir na lista de séries para estudantes de psicologia ou psicólogos. Um fato curioso é que a análise psicológica dos protagonistas de séries de TV e filmes, é algo que já vem sendo realizado há décadas, antes mesmo de chegar às telas dos espectadores. A razão por trás disso é que eles permitem criar diferentes níveis de conexão entre os protagonistas e os espectadores e, da mesma forma, manter os espectadores ligados às séries e filmes para tentarem decifrar o que acontecerá mais tarde na tela. Um exemplo do que foi dito acima foi a análise do perfil psicológico dos personagens de Game of Thrones, que estava a cargo dos mesmos psicólogos encarregados de dar seus pontos de vista sobre a psicologia de Batman, The Walking Dead, Doctor Who ou Star Wars. Além do exposto, há também propostas que analisam aos próprios psicoterapeutas, como no caso da série de Netflix, Gypsy. Nela, a protagonista da série é uma psicóloga que ultrapassa os limites da ética profissional e desenvolve relações íntimas com pessoas que fazem parte da vida dos pacientes que ela recebe em seu consultório.

A série Dark Angel mostra Jessica Alba no início de sua carreira televisiva, já que, como mostra o site Monet, uma versão feminina do filme Bad Boys, adaptada para a TV, está sendo lançada 19 anos após a estreia de Dark Angel e tem Jessica Alba como protagonista. Certamente, a atriz americana é um exemplo de adaptação às mudanças e trabalho consistente fora das telas.

Compartilhar

RECOMENDAMOS



Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here