Após perder seu cachorro de estimação, a professora Tereza Cristina Palmieri entrou em depressão. Ao longo do tempo, decidiu transformar o seu amor pelos animais e todo o conhecimento que herdou da mãe, que era costureira, em uma confecção de roupas para pets em Jacutinga (MG).

Com a empresa própria, iniciou a confecção em 1998, criando e produzindo peças para cachorros e gatos, com foco nos donos apaixonados por animais domésticos. A história começou de uma forma inusitada.

Tereza era fã da dupla sertaneja Zezé Di Camargo e Luciano, e sabia da paixão do cantor Luciano por animais. Participou do show dos sertanejos no início dos anos 90, quando teve a oportunidade de mostrar a ele a foto do cãozinho que perdeu. Comovido com a história, o cantor a presenteou com um novo amigo.

A partir dali, a professora começou a confeccionar roupas para seus animais de estimação. Um dia, novamente no show da dupla goiana, outras jovens que eram fãs de cachorros a aconselharam investir nesse dom e começar a vender as roupas para pets.

Seguindo o conselho das colegas, Tereza viu a oportunidade de abrir um negócio, onde a paixão pelo trabalho seria a principal motivação. Professora concursada, abriu mão de um emprego estável para trabalhar na área que sempre gostou, realizou o sonho de ser empreendedora e realizada profissionalmente.

Clientes
“Minha clientela é composta por pessoas que cuidam de seus animais como integrantes da família e fazem questão de tratá-los como um ente querido. É um público exigente, pois está em busca de serviços e produtos que possam contribuir para a longevidade e qualidade de vida de seus animais. Quanto mais aquecidos, mais protegidos estão das doenças típicas de inverno”.

Hoje, Tereza confecciona e vende as peças para lojas do ramo, como casas de ração e pet shops da cidade de Jacutinga. Ela também comercializa com os criadores de cães e gatos de raças exóticas, como a professora e proprietária de um gatil, Renata Garcia, dona de oito gatos da raça “don sphynx”.

“Como os gatos dessa raça não têm pelo, no inverno é necessário deixá-los protegidos do frio com cobertores e roupinhas. Conheci os produtos da Tereza em 2018, em uma exposição de gatos de raça, em Vinhedo. Gostei da qualidade, então comprei peças mais elaboradas para um sessão de fotos e participação dos gatos em eventos e roupas no estilo ‘camisetinha básicas’ para o dia a dia”, afirma Renata.

Incentivadora do trabalho de malharia para pets, a encarregada de finanças Alessandra Pereira Januário é cliente do empreendimento há mais de dez anos. Apaixonada por animais, ela se identificou com a história de Tereza, pois também perdeu um dos seus “filhos”, como chama seus dois cachorros.

“Compro cerca de cinco peças por mês. Além de deixar meus filhos aquecidos, eles amam o conforto e ficam lindos com os modelos. Conheci a loja por meio de uma amiga e me apaixonei assim que vi as roupinhas”, comenta Alessandra.

Após passar por uma consulta médica e ser bem atendida, como forma de agradecimento, Tereza presenteou o médico com um dos seus trabalhos. Mas quem se apaixonou pela roupinha para cachorro foi a noiva do profissional, a estudante Raissa Godoy, de Itapira, dona de quatro cachorros e cliente fiel da malharia para animais.

“Eu compro muitas malhas por ano, nunca deixo faltar roupa para eles. No começo, a gente conversava por WhatsApp, eu passava as medidas e ela me enviava fotos das peças. Ela deixava as roupas no consultório do meu noivo que trabalha em Jacutinga. Um dia resolvi conhecer a loja e a Tereza pessoalmente. A vontade é de trazer tudo para casa”, afirma Raissa.

Pets na Fest Malhas 2019
O Brasil é o terceiro país com maior faturamento no mercado pet. Em 2017, o faturamento teve aumento de 7,9%, segundo os últimos dados apurados pela Abinpet (Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação).

A Acija (Associação Comercial Industrial e Agropecuária de Jacutinga), oferece suporte ao setor de pets em Jacutinga, por meio de formação de colaboradores, informou o vice-presidente da Associação, José Noberto.

“Este ano, oferecemos a oportunidade para Tereza expor seus produtos pet durante a Fest Malhas e também formação para que ela possa administrar com mais eficiência e eficácia o seu empreendimento”.

Compartilho com a página Fãs da psicanálise, parte da minha história de superação publicada no G1, enfrentei forte depressão na morte do meu pai em acidente e na sequência minha cachorrinha de 13 anos havia morrido, fui muito ajudada pelo cantor Luciano Camargo, quando me presenteou com um filhote do cachorrinho dele começava ali minha história com roupas pets, Luciano foi minha âncora emocional, e a confecção minha terapia ocupacional. Gratidão!!!
Tereza Cristina Palmieri

Compartilhar

RECOMENDAMOS



Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here