Minha depressão me diz que estou quebrado.

É uma frase que se repete na minha cabeça nos últimos dias. Eu estou quebrado. Meu coração está quebrado. Minha alma está quebrada. Meu espírito parece que está irrevogavelmente quebrado também. Sinto como se essa escalada ascendente pela qual eu estivesse lutando tivesse ficado mais íngreme e eu próprio tivesse ficado mais fraco. Eu luto todos os dias com um sorriso no rosto, por medo de que se alguém descubra a minha dor e veja o meu verdadeiro eu.

Eu falo com a minha depressão como se fosse outra pessoa. Ele me visita de vez em quando e eu nunca sei quanto tempo vai ficar. Entramos em discussões e brigamos constantemente sobre quem vai prevalecer. Eu continuo dizendo que sou eu, mas agora não tenho certeza se é.

Eu quebro tão facilmente coisas que nunca pensei que me machucariam. Sinto falta de um tempo em que costumava passar o dia sem um medicamento. Sinto falta de não ter que me lembrar de tomar meus antidepressivos todos os dias. Sinto falta de sentir que sair da cama não era uma tarefa árdua e que meus sentimentos não eram um fardo.

Porque agora, meus sentimentos parecem um fardo. Sinto que não posso ser honesto com as pessoas sem elas se preocuparem com a possibilidade de fazerem algo precipitado. Estou cansado da depressão ser esse grande pedaço de mim que tenho que admitir e caminhar com ela. Parece algo que eu só quero manter escondido e não deixar me definir.

A verdade é que minha depressão me define. É uma parte de mim, uma parte enorme. Contribui para todas as minhas decisões e minha forte paranoia de não ser bom o suficiente.

Quando começo a namorar, preciso dizer a ele que não tomo mais de uma taça de vinho porque isso estraga meus antidepressivos. Não posso dizer apenas uma frase sem a explicação de acompanhamento de por que estou tomando antidepressivos.

Eu odeio me sentir frágil. Eu odeio a maneira como alguém olha para mim depois que eu falo sobre a minha depressão. Eu odeio sentir como se algo estivesse inerentemente errado comigo, embora no fundo eu sinta que algo está errado.

Minha mãe perguntou uma vez qual seria a pior coisa a tomar antidepressivos pelo resto da minha vida? Não seria a pior coisa, mas admitiria que é uma doença mental crônica com a qual lutarei pelo resto da minha vida. Não quero pensar nisso como algo que não possa curar, porque não quero acreditar em sua longevidade.

Mas há algo realmente estranho que acontece quando eu compartilho a minha história. Conheço outras pessoas que se sentem exatamente da mesma maneira que eu. Conheço pessoas que se sentem culpadas por que a depressão faz as coisas parecerem 100 vezes piores do que realmente são. Conheço pessoas que sentem que, embora realmente não haja nada de errado em suas vidas, elas simplesmente não parecem ser felizes.

Esse é o problema da depressão, não há razão real para tê-la, você apenas sente. É uma parte do seu cérebro. É algo que, por algum motivo, é sua realidade. Também é minha.

Então, eu passo os dias ruins tentando lembrar que, embora meu cérebro esteja me dizendo que estou quebrado ou que há algo errado comigo, realmente não existe nada disso. Eu tenho uma batalha um pouco mais difícil do que outras, mas também um pouco mais fácil do que outras.

Você não pode comparar suas lutas as de ninguém. Você não pode deixar sua doença mental dizer que você não vale nada. Você precisa encontrar a sua força interior que a fez lutar até aqui e extraí-la quando os dias ficarem difíceis.

A depressão faz parte de mim, mas não me pertence. Também não é sua. Agora não. Nunca.

Autora: Alexandria Brown
Fonte original: thoughtcatalog.com

*Texto traduzido e adaptado com exclusividade para o site Fãs da Psicanálise. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

(Imagem: Myicahel Tamburini)

Compartilhar

RECOMENDAMOS




Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here