Você está em um relacionamento? Deveria estar, porque “somos” no outro e é onde melhor “nos encontramos” a maior parte das vezes.

Bons relacionamentos servem para nos ajudar a crescer como pessoas e encontrar a felicidade mútua.

Mas às vezes as relações azedam e acabam afetando negativamente ambos os parceiros.

Nunca sabemos se as coisas que desandam, começaram assim, mudaram no meio do caminho ou até sem querer provocamos algumas ou a maior parte delas. É mais certo quem um pouco de tudo tenha acontecido.

O que era para ser bom vira um sacrifício e temos que de vez em quando fazer uma revisão da qualidade das nossas relações.

É bem possível que inconscientemente acabemos provocando algumas reações desagradáveis, para podermos sair de vítimas. Isso acontece com as relações que não amadureceram suficientemente. Acontece muito naquelas relações infantilizadas, onde uma das partes espera ser “cuidada” e ter seus desejos resolvidos.

Confira as 10 coisas que você nunca deve sacrificar em um relacionamento:

1. Sua Felicidade 

Seu parceiro deve trazer felicidade e alegria a sua vida, em vez de a arrastar para baixo e fazer você se sentir triste. No mínimo, que a deixe seguir com a felicidade e a leveza possível que tinha antes dessa relação. Se o seu parceiro faz você se sentir para baixo como pessoa  ou sobre as coisas que compõe sua vida, então você não está mais em um relacionamento saudável. É claro, que seu parceiro não vai estar sempre de bom humor e isso precisa ser compreendido, mas se ele te magoar intencionalmente, é melhor um afastamento. Ele precisa trabalhar a si mesmo antes que possa ter um relacionamento saudável com alguém.Assim como quem não aprende a morrer, não vive plenamente, aquele que não aprende a viver só, não está pronto para um relacionamento.

2. Sua Diversão

Você ri com o seu parceiro e tentam coisas novas juntos? Enquanto é normal ter desacordos, o seu relacionamento deve principalmente ser feliz e divertido. É importante você desfrutar de sua vida com seu parceiro e também com seus amigos e familiares, e seu parceiro deve compreender e respeitar isso, assim como você deve entender e respeitar.

3. Sua Liberdade

Em um relacionamento saudável, você deve ser capaz de sair uma vez ou outra e divertir-se sem o seu parceiro ficar irritado ou preocupado . Comportamento possessivo é normalmente um indicador de insegurança, e a insegurança é um problema pessoal que você não pode corrigir. Um relacionamento saudável e estável envolve parceiros passando tempo juntos e tempo sozinhos.

4. Sua Paz Interior.

É indispensável manter a paz interior para seu próprio equilíbrio. Se o seu parceiro faz você se sentir ansiosa, irritada ou nervosa, você vai acabar se sentindo deprimida ou apática. Se você se pega lutando regularmente com o seu parceiro, é hora de se perguntar por que.
Há um problema em curso no relacionamento? Vocês podem se ajudar mutuamente? O problema pode ser resolvido?

5. Suas Experiências

A vida deve ser emocionante. Ao longo de sua vida, você vai ter experiências brilhantes que vão fazer você mais sábia, mais feliz, mais leve e mais em paz com você mesmo. Se o seu parceiro não está disposto a tentar coisas novas, e ainda a impede de tentá-las, você deveria lutar para seguir seu caminho. Um parceiro emocionalmente estável vai encorajá-la a experimentar coisas novas e se divertir.

6. Sua Personalidade.

Sua personalidade é quem você é, e a pessoa certa vai adorar a sua personalidade acima de tudo. Em um relacionamento feliz, nenhum dos parceiros iria querer mudar a personalidade do outro, porque eles se amam por quem eles são.  Claro, criar novos compromissos é normal e saudável, estamos em constante mudança, mas não esteja com alguém que tenta mudar a sua personalidade. Isso pode significar que ele não te ama para você e como você é.

7. Os Seus Outros Relacionamentos

No início de uma relação, muitas pessoas passam por um período de lua de mel, um momento de emoção, paixão e um desejo de estar por perto o tempo todo. No entanto, se vocês estão juntos por alguns meses e você ainda raramente vê seus amigos ou sua família, isso pode indicar um comportamento possessivo. É importante ter outros relacionamentos interessantes ​​em sua vida, e ser muito dependente de seu parceiro não é lá tão saudável. Veja se é você ou ele que está “segurando as rédeas” da carruagem dos relacionamentos.

8. Seus  Sentimentos

Um dos pilares de um relacionamento saudável é o respeito: Ambos os parceiros devem realmente ouvir ao outro e tentar entender os sentimentos e opiniões do seu parceiro sem julgamento. Se você sente que o seu parceiro não considera seus sentimentos, pergunte a si mesmo: Posso e estou considerando os sentimentos do meu parceiro? Por que ele não considera os meus? É apenas minha interpretação? Podemos mudar isso?

9. Seus Sonhos

Um bom relacionamento é uma parceria – ambas as pessoas apoiam-se mutuamente a cada passo do caminho. É normal ter sonhos diferentes, mas você devia estar torcendo pelo outro na caminhada conjunta. Uma relação sadia é querer alguém para experimentar a alegria e felicidade compartilhada. O que você quer da vida é muitas vezes uma grande parte de quem você é, e é importante que o seu parceiro apóie seus sonhos.Mesmo que sejam sonhos e buscas diferentes, o encontro de vocês na busca é o apoio que ambos precisam para continuar juntos.

10. Suas Crenças

Suas crenças são importantes para você, e ninguém em sua vida deve tentar mudar a sua religião ou crenças. Apesar do seu parceiro não ter que acreditar nas mesmas coisas que você, ele deve respeitar os seus valores.O que mais você nunca deveria sacrificar em um relacionamento? Deixe seus comentários abaixo: Texto traduzido, revisado e adaptado.

(Autor: Amy Johnson)

 

Compartilhar
Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA