Por mais que doa dizer adeus, temos que reconhecer que uma hora tudo acaba. Seja porque nós colocamos um fim ou porque a vida decide isso por nós. O fato é que, em algum momento, aquilo que é bom tem um fim, assim como também tem um fim aquilo que é ruim.

Eu não te odeio, mas também não te amo mais. Deixamos que as dores fossem maiores que nosso amor e nos permitimos viver de mágoas. Hoje, bastante ferida, ponho um fim nessa relação. Por mim e também por você. Acordei disposta a, mais uma vez, insistir nessa relação que temos, porque me disseram que nós devemos dar chances aos amores que acreditamos. Mas a pergunta é: Quantas chances? Já insistimos tanto que até nossas esperanças se esgotaram. Como permitir que essa falta de fé em nós prossiga? Precisamos ser maduros.

Quando me lembro dos motivos que me fizeram te amar, meu coração aperta. Eles sumiram. Sua gentileza se foi com o tempo, assim como todas as suas promessas de amor. Nossas declarações deram lugar às discussões e as palavras bonitas deram lugar à feridas profundas, que embora sejam velhas, parecem nunca cicatrizar.

Eu acordei disposta a acreditar novamente em nós, mas me dei conta de que esse nós não existe mais. Deixamos de florescer há tempos. Hoje estamos numa relação construída na areia, e sabemos que em solo instável se torna impossível construir uma estrutura forte. Não suportamos o temporal.

Depois de muito refletir, decidi que essa seria a melhor decisão que eu poderia tomar. Esse é um adeus. Um adeus a todas as nossas mentiras e a todas as nossas desconfianças. Um adeus a todas as nossas brigas e palavras ditas sem pudor. Um adeus a todas as nossas falsas felicidades e tentativas falhas. Estamos livres. Desculpa se soar ofensivo, mas a liberdade nem sempre consegue agradar.

Deixo para trás toda nossa história triste e carrego apenas a parte boa. Mas carregarei sozinha, sem você para acompanhar. Sinto que fiz o certo por nós. Fiz por mim.

Quando um relacionamento passa a ser composto por mais noites de choros do que de amor, sabemos que ali já não há motivos para insistir.

Não chorarei por ti. Peço que não chores por mim. Hoje nos reguei para que pudéssemos florir.

Com amor,
Seu grande amor.

Compartilhar

RECOMENDAMOS




DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here