É natural que animações abordem personagens com algum tipo de transtorno psicológico, como por exemplo a recente produção Divertida Mente. Antes de iniciar a teoria, aqui vão algumas informações sobre a história dos personagens…

O desenho é inspirado nas obras de Alan Alexander Milne, tendo “Winnie the Pooh” como título original. Mas o que alguns não sabem é que tanto o ursinho protagonista quanto os demais personagens são inspirados em brinquedos que Christopher Robin – filho de A.A. Milne – tinha em sua infância.

O ursinho recebeu este nome devido a animais que Christopher e seu pai visitavam no zoológico. “Pooh” aparentemente veio de um cisne, enquanto “Winnie” foi uma homenagem ao urso concedido ao zoo pelo Capitão Harry Colebourn.

Até então todos os fatos são comprovados. A especulação começa com as afirmações de que as características dos personagens tinham vindo não só dos brinquedos de Christopher, como também de Christopher.

Dizem as más línguas que devido ao sucesso do pai, Robin sofreu constantes intimidações na escola. E com isso vieram os problemas. Depressão, que era aliviada com comida, além de agitação noturna, fingimentos como sendo superior, e isso tudo acompanhado de falta de amizades. Esses fatores são basicamente os problemas com os quais os personagens do desenho são associados, como veremos a seguir.

Transtorno Alimentar – Pooh

Além de ser um ursinho super amigável, sempre disposto a ajudar seus amigos, uma das características mais marcante deste personagem é seu intenso vício por mel. O urso é sempre acompanhado de seu potinho, e com frequência o vemos se desentendendo com Abel por este vício.

Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) – Tigrão

A associação é praticamente auto-explicativa. Tigrão vive pulando, e é visível sua hiperatividade. Além disso o personagem vive experimentando coisas novas, que por vezes o envolvem em aventuras bem complicadas.

Ansiedade – Leitão

Com sua leve gagueira e sua timidez, em vários episódios podemos observar Leitão sofrendo antecipadamente quando algum problema surge na turma.

Depressão – Bisonho

Essa também é uma das associações bem evidentes. Bisonho é um burrinho amável, mas extremamente pessimista e melancólico. Raramente o personagem aparece feliz, o que é bem justificável, uma vez que por diversas vezes teve sua casa arruinada por Tigrão.

Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC) – Abel

Abel é um coelho irritadiço, que está sempre preocupado com que alguém (normalmente o Tigrão) destrua a perfeição de seu jardim.

Transtorno de Personalidade Narcisista – Corujão

Sendo o animal que simboliza a sabedoria, Corujão é um personagem metido a sabe tudo, que vive dando sugestões e instruções mesmo não sendo pedidos, e que por vezes estão erradas. É muito exposta a sua ideia de superioridade perante os outros personagens.

Esquizofrenia – Christopher Robin

Por último e não menos importante temos Christopher. O menino é quem inventou todos os personagens da turma. Todos são seus amigos imaginários, o qual vive conversando.

(Autora: Monique Costa)

(Fonte: nerdgeekfeelings)

*Texto reproduzido com autorização da página original.

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise

A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here