Você precisa admitir que, sim, a palavra tem poder. Tudo aquilo que pronunciamos, que sai da nossa boca, tem reverberações. Não adianta fingir que é mentira, por que você sabe, é verdade. Estamos falando das palavras tóxicas.

Você pode até não perceber imediatamente, mas elas fazem um mal que você não tem nem ideia. Na maioria das vezes isso acontece inconscientemente, quando nosso inconsciente acessa as palavras que estão guardadas no porão da nossa cabeça. As vezes você nem percebe, porém, todas elas estão lá.

Um estudo realizado na Universidade de Amsterdã, mostrou que as pessoas extrovertidas falam diretamente, usando palavras ousadas e abrangentes que expressam seus desejos. Enquanto isso, pessoas introvertidas são mais cautelosas, e preferem usar termos como “talvez” e “provavelmente”.

Mas uma coisas é certa, não importa se você é extrovertido ou introvertido, você pode estar usando palavras tóxicas. Quer descobrir quais são as 9 palavras tóxicas que você pode estar usando? Então vem com a Segredos do Mundo.

Confira 9 palavras tóxicas que se você eliminar, tem mais chances de ser feliz

Fracasso

Toda as vezes que algo sai diferente dos nossos planos, nos sentimos um verdadeiro fracasso. Mas a verdade é que o fracasso em si não existe, apenas as experiencias que levamos de cada situação. Que tal trocar a palavra fracasso por experiencia de vida?

Culpa

Sentir culpa quer dizer que existe algo errado conosco, que existe inadequação em algum ponto da nossa vida ou angústia existencial. Só a um jeito de acabar com a culçpa e não usar essa palavra: peça desculpa.

Dever

A palavra dever foi inventada socialmente para gerar os sentimento de culpa, quando não queremos fazer algo e quando nossos impulsos e desejos vão na direção oposta. A palavra dever nos transforma em um robô, que age por que deve. O certo é transformar o dever de nossa vida, em querer.

Impossível

Uma coisa é ser realista, tudo bem, mas ser pessimista não ajuda em nada. A palavra impossível limita ao máximo, além de não nos fazer bem. Ao invés dela, deveríamos usar a palavra improvável. Isso é extremamente importante para a nossa mente.

Ódio

Existe algum sentimento pior do que o ódio? provavelmente não. Ele faz muito mal e corrói tudo o que temos por dentro e por fora. Existe como elimina-lo de nossa vida totalmente? Não, porém, devemos ter certeza do que estamos sentindo e não confundir. Muitas vezes rancor, frustração ou raiva são confundidos com ódio.

Sempre

A palavra sempre está associada a imobilidade, pois nada na vida é sempre. Ou seja, essa palavra não se encaixa com a realidade e nem ao menos condiz com ela. Essa palavra está associada ao desejo de se agarrar permanentemente ao passado.

Nunca

A vida está em constante evolução, certo? Tudo muda o tempo todo e nós temos que jogar nessa maré, se não nos damos muito mal. Então por que a palavra “nunca” seria saudável. Ela está associada a toda a nossa resistência as mudanças da vida. Deve ser cortada de nossa vida.

Problema

Toda vez que usamos a palavra “problema”, estamos também aplicando algum obstaculo em algum momento ou ação na nossa vida. Quando falamos essa palavra, o nosso cerebro acende imediatamente todas as luzes vermelhas e de alerta possíveis.

Um dia

Todas as vezes que você diz “um dia eu vou fazer isso”, está sempre colocando momentos chaves da sua vida em espera. Por trás dessa pequena palavra, está todo o seu medo do fracasso e a sua vontade genuína de continuar na zona de conforto. Se realmente queremos fazer algo na nossa vida, nunca deixamos para “um dia…”. Se queremos, devemos ir lá, dar um jeito, e fazer.

(Autor(a): Toni Nascimento)
(Fonte: segredosdomundo.r7.com)

(Imagem: mari lezhava)

Compartilhar

RECOMENDAMOS




Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here