Unidos pelo amor e pela arte do crochê, um casal de Joinville, Therezinha e Artidor, está fazendo a diferença na vida de famílias carentes!

Os velhinhos dizem que gastavam mais de 12 horas por dia ao tricotar e resolveram transformam esse dom em boa ação ao doar as roupinhas que confeccionam para bebês de famílias carentes.

“Fico o dia todo fazendo. Não faço outra coisa, porque eu gosto de estar fazendo coisinhas assim”, disse o seu Artidor sobre seu trabalho de amor ao outro e desenvoltura com as mãos.

Todas as peças feitas pelos dois são doadas ao Mutirão do Amor, uma instituição que ajuda a preparar enxovais para mamães que não tem condição de compra-los.

“A gente faz o crochê para doar pro Mutirão do Amor e também eu faço pra dar de presente para pessoas conhecidas, às vezes, uma irmã quer dar um presentinho pra uma grávida e daí eles me trazem a lã e eu faço”, diz dona Therezinha. “Sempre como doação”, ela afirma.

Esses dois são exemplo de amor ao próximo, amor ao crochê e de fofura!

 

Compartilhar

RECOMENDAMOS



Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here