Primeiramente, precisamos deixar algumas coisas muito claras: bipolaridade é uma doença muito séria e precisa ser tratada com apoio médico e confesso, não é fácil. Mas também não é impossível tanto para o portador da doença como para quem se relaciona com alguém que tem essa patologia.

Acho que assim como todas as bases de uma relação há de se requerer respeito. Boto só mais uma característica importante: paciência.

Segundo que ninguém é uma doença também, não é? E a sua companheira não vai chegar de primeira dizendo que é bipolar. Porém, é interessante buscar sobre os sintomas da bipolaridade e entender um pouco sobre esse universo. Além do que, reforço que todo relacionamento baseado em amor tem que existir cumplicidade. Senão houver, nem comece!

A mulher não vai também dizer pra você que é bipolar e ela nem quer ser lembrada como uma doença, assim como todas as doenças psicológicas. Isso é muito chato e impertinente. Somos muito mais que isso e a bipolaridade vendo como doença, é importante saber que existe tratamento e como toda a doença: tratar.

O que você, leigo no assunto, te insinua a pensar sobre bipolaridade? Alteração de humor. Certo? Para um leigo como eu, sim. Mas tem umas dicas maneiras sobre bipolaridade que funcionam comigo, sendo que isso não substitua o compreendimento da doença:

Minha namorada ontem estava feliz e saltitante por ter ido num show comigo e hoje ela acordou com raiva e nem quis olhar pra minha cara. Acontece! Por favor: não estabeleça qualquer relação dela com a doença pelos motivos que eu citei acima. Respeite o momento dela e dê carinho. Toda mulher precisa de carinho independente da bipolaridade. Ok?

Tem dias que ela nem vai se aguentar de tantas coisas que se passam pela cabeça dela. O que fazer? Você ama essa mulher? Compreenda que isso é normal para um bipolar e que você precisa entender. Além do que, mesmo para um não portador da doença, também é normal termos fases boas ou ruins. Por mais que a bipolaridade seja diferente dessas fases você quer ser respeitado, não é? Portanto, faça por merecer esse respeito.

Sua namorada faz terapia? Sim? Ótimo. Não faz? Fale com carinho que ela precisa, inclusive você também para entendê-la melhor. Na verdade, todo mundo precisa de terapia, não é? Mas faça isso com calma, sempre.

Não tem jeito, quer investir num relacionamento? Esteja preparado para algo mútuo. Relacionamentos entre duas pessoas são complicados – mesmo com alguém entre eles com bipolaridade, mas é inaceitável que você não compreenda sua parceira.

Seja sincero com ela, que tal? Fale que a ama! Elogie-a sempre, fale que ela é cheirosa, dê presentes, seja educado… Não custa nada, não é? Mulheres querem homens de atitude e que a tratem com carinho. E repito isso é mútuo.

O fato é que os bipolares também podem levar uma vida normal sim, apesar dos sintomas. Todo mundo tem problemas ainda mais nessa conjectura perversa da humanidade. Não vai ser uma doença tratável e compreensível que vai fazer você desistir da sua vida, não é?

Pense nisso e busque ajuda! E que ela faça o mesmo!

*Este texto é autoral, remete as opiniões e conhecimento do próprio autor.

Compartilhar

RECOMENDAMOS




Daniel Velloso
É escritor, estudante de Psicologia e é colunista do site Fãs da Psicanálise.

15 COMENTÁRIOS

    • Eu tenho a doença. E penso plenamente como você. Sinceramente, eu não sei quem, além da família(que tá mais pra um laço de obrigação), amaria alguém com isso. Quem escolheria isso? Nós amamos coisas solidas. Certamente a outra pessoa deve ter um problema maior pra querer isso.

      • Andreza, para mim, amor de verdade é quando vocêama alguem pela sua essência(suas qualidades e defeitos), eu amo minha namorada, conheci ela a 5 anos e estou com ela msm ela tendo essa doença. Realmente, paciência é um dos requisitos para pessoas assim, mas também para qualquer ser humano e ser vivo, é necessario muito amor e eu me sinto na obrigação, não como namorado mas como alguém que a ama, de lembrar a ela todos os dias o porque eu me apaixonei por essa mulher incrível que ela é e com o sorriso que faz meu coração ir bater cada vez mais rápido. Eu estarei aqui sempre que ela precisar eu desejo a todas pessoas no mundo que encontrem alguém que lhe ame de verdade

  1. Perfeito! Penso exatamente como vc. Estes comentários de que não serviu de nada só mostra quanto as pessoas focam mais na doença que na pessoa. Sou bipolar e resolvi fazer um canal sobre este tema: eu bipolar. Tenho buscado ajudar as pessoas tanto quem tem o problema qt a quem convive. Sinto muito que hj em dia com tanta evolução ainda exista tanto preconceito

    • Nao seria preconceito a palavra,e sim da parte da pessoa bipolar é so menosprezar, nao da valor, tu que fala do teu lado,mas nao sabe a outra parte,e quem mais sofre é nós que damos amor,respeito,reciprocidade,fizemos de tudo,e pra que?pra nao receber nada em troca, nao to falando que é só assim, mas 75% é so assim,mas cada um com a sua opinião, mas nao fale bobagem dizendo q é preconceito

      • É realmente é muito dificil lidar com uma pessoa assim,vc da todo seu amor e compreensão e mesmo assim nao é suficiente, no meu caso parece q nada do que eu fazia era suficiente ou bom,existia momentos ótimos mas de repente pá tudo mudava surgia as cobranças, ainda mais quando a pessoa nao quer se tratar ne?! Ai fica complicado e muitas vezes pessoas assim fazem relações abusivas,pois depositam a culpa toda no outro e de repente vc se senta sugada é muito dificil por mais que vc ame a pessoa e tente ajudar tudo complica quando o bipolar nao quer ajuda

  2. É horrivel conviver num relacionamento solitário onde so uma pessoa ama, muito triste querer fazer de tudo por uma pessoa,e a pessoa nao da valor,nao sabem valorizar ,depois falam “os homens não prestam”,na verdade prestam sim,mas a pessoa nao viver do seu lado,umas horas ta tudo bem,outras nao, dormem feliz com vc ,de manhã quando acorda ja esta mal com vc , num relacionamento de 3 anos e meio demorei a enxergar, o coração nao deixa ver que so vc se fere ,mas foi triste muito triste emagreci 26 kilos (uma coisa boa)mas foram várias noites sem durmi ,vários dias sem comer ,tenho 24 anos ,ela era mais velha 26. O ruim mesmo é que vc quer acreditar que a pessoa vai muda ,e a pessoa nao muda,ninguém muda,o que pode acontecer é que a pessoa evolui,mas infelizmente nesses casos a pessoa nao evolui nao ,bom quem quizer falar comigo , deixo aqui meu whats 54997030594

  3. Meu namorado tem essa doença, uma hora ele tá um amor e meia hora depois é uma pessoa totalmente diferente. É muito complicado, mas amo ele é quero ajudá-lo de todas as formas possíveis para que ele se sinta bem.

  4. a pessoa tenque amar a outra conforme e eu sou bipolar i sou bem feliz tenho altos e baixos no meu dia a dia
    tento mi controlar como posso graças a deus e orar a deus sempre amo comida saudáveis presentes gosto di passear viver fazer camimhada

  5. Olha tem o tratamento com o farmacológico, além disso parte da terapia com psicólogo, academia, ajuda de diários para relatar as situações de socialização ao longo dos dias e assim fazer o reajustes de medicamentos, antes de tudo isso reconhecer a patologia e a importância dos medicamentos , sempre que for construir um relacionamento de amizade ou namoro avisar sobre a patologia e como funciona e pedir para darem feedback,outro fator é apoio da família, amigos e também parte espiritual ajuda.Diante do exposto, a pessoa com transtorno bipolar pode sim se formar, trabalhar, casar, ter amigos e tudo isso tenho uma pessoa que amo muito que conseguiu!

  6. Tem que respeitar, amar, aceitar, tudo muito fácil na teoria. Mas o bipolar se tratar, fazer terapia, auto conhecimento, tomar remédios e auto conhecimento para melhorar ai não, da muito trabalho e outro é obrigado a aguentar!

  7. Se relacionar com uma pessoa assim e sofrer junto com ela. E terrível, você vive sempre em função da pessoa, sempre procura agradar, mas nada ta bom. Parece ate que o culpado de tudo e você e não a pessoa bipolar. Me relacionei com uma pessoa assim e minha vida virou um inferno, sei que a pessoa não tem culpa, mas você também não pode ser infeliz por isso. Um conselho que eu dou pra quem esta com alguém assim e sair fora e ser feliz. Foram os piores seis meses da minha vida junto dela.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here