Uma única questão – esta é a ferramenta descoberta por pesquisadores da Universidade de Ohio para identificar os narcisistas.

Em uma série de 11 experimentos envolvendo mais de 2.200 pessoas de todas as idades, os pesquisadores descobriram que podiam identificar com segurança pessoas narcisistas perguntando-lhes essa pergunta exata (incluindo a nota): Até que ponto você concorda com essa afirmação: “Eu sou um narcisista” (Nota: A palavra “narcisista” significa egocêntrico, focado em si mesmo e vaidoso).

Os participantes classificaram-se em uma escala de um (não muito verdadeiro ) a sete (muito verdadeiro).

Os resultados mostraram que a resposta das pessoas a essa questão se alinhava muito com várias outras medidas validadas de narcisismo, incluindo o amplamente usado Inventário de Personalidade Narcisista (NPI).

A diferença é que esta nova pesquisa – que os pesquisadores chamam de Escala de Narcisismo de Item Único (SINS) – tem uma pergunta, enquanto o NPI tem 40 perguntas para responder.

“As pessoas que estão dispostas a admitir que são mais narcisistas do que outras provavelmente são realmente mais narcisistas”, disse Brad Bushman, co-autor do estudo e professor de comunicação e psicologia da Ohio State University. “As pessoas que são narcisistas estão quase orgulhosas do fato. Você pode perguntar diretamente à elas porque elas não veem o narcisismo como uma qualidade negativa – elas acreditam que são superiores a outras pessoas e sentem-se bem em dizer isso publicamente.”

Leia Mais: Narcisismo com limite faz bem, mas excesso prejudica a saúde

Bushman conduziu o estudo com Sara Konrath da Escola de Filantropia da Lilly Family da Universidade de Indiana (anteriormente da Universidade de Michigan) e Brian Meier do Gettysburg College. O estudo foi publicado na revista PLOS ONE. “Entender o narcisismo tem muitas implicações para a sociedade que se estendem além do impacto na vida do narcisista individual”, disse Konrath. “Por exemplo, as pessoas narcisistas têm baixa empatia, e a empatia é um dos principais motivadores do comportamento filantrópico, como doar dinheiro ou tempo para as organizações.”

“De maneira geral, o narcisismo é problemático tanto para os indivíduos quanto para a sociedade. Aqueles que pensam que eles já são ótimos não tentam melhorar a si mesmos”, disse Bushman. “E o narcisismo é ruim para a sociedade porque as pessoas que só pensam em si mesmas e em seus próprios interesses são menos úteis para os outros.”

(Fonte: news.osu.edu, através de: psychcentral)

*Traduzido e adaptado pela Equipe Fãs da Psicanálise.

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.


1 COMENTÁRIO

  1. Acho enervante uma pessoa que está sempre atrasada!
    Como sou muito pontual, não consigo entender essas pessoas que sempre atrasam, parece que menosprezam as outras, mas ao mesmo tempo acho que já é um defeito de nascença…
    Tenho uma irmã que é assim!
    Toda a nossa família é pontual, menos ela, e isso irrita todo mundo. Eu fico pensando o que será que as faz serem assim…
    Minha irmã é a caçula da família e temporã, nasceu quando eu já tinha 15 anos e meu irmão 17.
    Acho que pelo fato de ser tão mais nova que nós, talvez a tenhamos mimado demais…Mas, ela cresceu e se tornou uma profissional super competente e responsável. No entanto, continua sempre atrasada, principalmente quando os compromissos são com a família…
    Será que isto um dia vai ter conserto? Tenho minhas dúvidas!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here