Resiliência implica reestruturar nossos recursos psicológicos com base em novas circunstâncias e nossas necessidades.

Dessa maneira, as pessoas resilientes não são apenas capazes de superar as adversidades que tiveram que viver, mas vão um passo além e usam essas situações para crescer e desenvolver seu potencial ao máximo.

O que caracteriza uma pessoa resiliente?

Pessoas que praticam resiliência:

1. Elas estão cientes de seu potencial e limitações

O autoconhecimento é uma arma muito poderosa para enfrentar adversidades e desafios, e as pessoas resilientes sabem como usá-lo a seu favor. Essas pessoas sabem quais são seus principais pontos fortes e habilidades, bem como suas limitações e defeitos.

Dessa forma, podem ser traçadas metas mais objetivas que não apenas levem em consideração suas necessidades e sonhos, mas também os recursos disponíveis para alcançá-las.

2. Elas são criativos

A pessoa com alta resiliência não se limita a tentar concertar o vaso quebrado; sabe que nunca mais será o mesmo.

O resiliente fará um mosaico com os pedaços quebrados e transformará sua experiência dolorosa em algo bonito ou útil. Do vil, tira o precioso.

3. Elas confiam em suas habilidades

Conscientes do seu potencial e limitações, as pessoas resilientes confiam no que são capazes de fazer. Se algo as caracteriza é que eles não perdem de vista seus objetivos e se sentem confiantes no que podem alcançar.

No entanto, elas também reconhecem a importância do trabalho em equipe e não se limitam, mas sabem quando é necessário pedir ajuda.

4. Elas assumem dificuldades como uma oportunidade de aprender

Ao longo da vida, enfrentamos muitas situações dolorosas que nos desmotivam, mas pessoas resilientes são capazes de ver além desses momentos e não desanimam. Essas pessoas assumem as crises como uma oportunidade de gerar mudanças, aprender e crescer.

Elas sabem que esses momentos não serão eternos e que seu futuro dependerá da maneira como reagirem. Quando confrontados com a adversidade, eles se perguntam: o que posso aprender disso?

5. Praticam a atenção plena ou a plena consciência

Mesmo sem estarem cientes dessa prática milenar, as pessoas resilientes têm o hábito de estarem plenamente presentes, de viver no aqui e agora e de ter uma grande capacidade de aceitação. Para essas pessoas, o passado faz parte de ontem e não é uma fonte de culpa e ansiedade, enquanto o futuro não as atordoa com sua parcela de incertezas e preocupações.

Elas são capazes de aceitar as experiências conforme são apresentadas e tentam tirar o máximo proveito delas. Elas gostam dos pequenos detalhes e não perderam a capacidade de se surpreender com a vida.

6. Veem a vida com objetividade, mas sempre através de um prisma otimista

Pessoas resilientes são muito objetivas, sabem quais são seus potenciais, os recursos que têm ao seu alcance e têm objetivos claros, e isso não implica que não sejam otimistas. Conscientes de que nada é completamente positivo ou negativo, elas se esforçam para se concentrar nos aspectos positivos e aproveitar os desafios.

Essas pessoas desenvolvem um otimismo realista e estão convencidas de que, por mais escuro que seja o dia, o dia seguinte pode ser melhor.

7. Elas se cercam de pessoas que têm uma atitude positiva

As pessoas que praticam a resiliência sabem como cultivar suas amizades, de modo que geralmente se cercam de pessoas que mantêm uma atitude positiva em relação à vida e evitam aqueles que se comportam como vampiros emocionais.

Dessa forma, conseguem criar uma sólida rede de suporte que pode sustentá-las nos momentos mais difíceis.

8. Não tentam controlar situações

Uma das principais fontes de tensão e estresse é o desejo de querer controlar todos os aspectos de nossa vida. É por isso que, quando algo nos escapa, nos sentimos culpados e inseguros.

No entanto, as pessoas resilientes sabem que é impossível controlar todas as situações; aprenderam a lidar com a incerteza e a se sentirem confortáveis, mesmo que não tenham controle.

9. Elas são flexíveis a mudanças

Embora as pessoas resilientes tenham uma autoimagem muito clara e saibam exatamente o que desejam alcançar, elas também têm flexibilidade suficiente para adaptar seus planos e alterar seus objetivos quando necessário.

Essas pessoas não se chocam com as mudanças e estão sempre dispostas a valorizar alternativas diferentes, sem se apegarem obsessivamente aos seus caminhos iniciais ou a uma única solução.

10. Elas são tenazes em seus propósitos

O fato das pessoas resilientes serem flexíveis não significa que elas renunciam aos seus objetivos, pelo contrário, se algo as distingue, é a perseverança e a capacidade de lutar. A diferença é que elas não lutam contra moinhos de vento, mas aproveitam a sensação da corrente e fluem com ela.

Essas pessoas têm uma motivação intrínseca que as ajuda a permanecer firmes e a lutar pelo que pretendem.

11. Enfrentam a adversidade com humor

Uma das características essenciais das pessoas resilientes é seu senso de humor, elas são capazes de rir das adversidades e fazer uma piada de seus infortúnios.

O riso é o seu melhor aliado, porque as ajuda a permanecer otimistas e, acima de tudo, permite que se concentrem nos aspectos positivos das situações.

(Fonte Original gutenberg.rocks)
*Texto traduzido e adaptado por Naná cml da equipe Fãs da Psicanálise.

*Texto traduzido e adaptado com exclusividade para o site Fãs da Psicanálise. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

(Imagem: Bruce Mars)

Compartilhar

RECOMENDAMOS




Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here