Atire a primeira pedra quem nunca teve o coração partido por um homem mulherengo. Eles se dividem em o típico garanhão declarado, aquele cara que sabe que é atraente e sedutor, e o falso tímido, aquele típico nerd de óculos pseudo intelectual, que faz a linha bom moço, romântico, de família.

Um, declaradamente conquistador, outro, dissimulado. O perigo se encontra nos dois tipos, mas o segundo tipo é ainda mais complicado, porque,quando descoberto, ele faz a linha blasé, inocente, e até te faz parecer a vilã da história.

Afinal ,como duvidar de um ”anjinho “ desses, não é mesmo? Aí,querida, é que mora o perigo! Mas, felizmente, aqui vão algumas dicas para você não cair mais nessas armadilhas novamente.

Algumas teorias psicológicas defendem que os homens mulherengos mudam de parceira em casos extra-conjugais ou de namoradas, ficantes, porque estão a procurar,nestas mulheres, a mãe da infância. Por outro lado, pode ser devido a uma forte decepção em um relacionamento anterior.Mas a característica que os define,de fato, é a busca incessante por uma autoafirmação. Provar que é o macho-alfa, o gostosão que pode pegar qualquer mulher. Uma vez que ele testa o seu “poder” sobre uma, precisará testar em outra, e, assim,meio que vira uma meta a ser atingida, uma obsessão. Não quer dizer que ele alcançará o prazer sexual com todas que se envolver. Às vezes,pode até ocorrer dele nutrir afeto por uma destas mulheres, mas,tão logo ele sacie o coito com ela, assim que esta o cobrar algo mais íntimo do que sexo, uma relação normal,ele irá se afastar dela, lenta ou rapidamente. .

Depois de conquistar uma mulher, o Don Juan perde todo o interesse por ela, porque não lhe proporcionou o relaxamento que ansiava.

Estes homens normalmente se masturbam com grande frequência. Uma tentativa fracassada de usar o aparelho genital para descarregar outras necessidades psicológicas. Como tem pavor de compromisso, não percebe que nunca exercerá uma sexualidade plena, dividindo com ela suas fantasias mais inconscientes.

É um menino mimado, medroso, extremamente inseguro, preso num corpo de um adulto infantilizado, um eterno adolescente trancado no quarto com revistas pornográficas e que se masturba com as fotos de seus objetos de desejo nas suas redes sociais.

Geralmente,estes homens até podem possuir uma parceira fixa,mas eles nunca vão formalizar o compromisso com ela. Esta é tida como seu porto, sua mãe presente,e muitas vezes até sabe de seus casos ,mas, como este a ludibria, ela, que também deve sofrer de baixa autoestima ,assim como ele, precisaria de um psicólogo para descobrir o que está por trás deste comportamento sado-masoquista emocional,que prende um a ou outro. Estes homens geralmente trazem esta bagagem da infância, como testemunha de um modelo de amor malsucedido representado em seus pais.

Ele se vinga em suas vítimas inconscientemente. Como uma forma de provar a si mesmo que também pode marcar o outro, assim como fora marcado, outrora. A idéia de causar dor como forma de se tornar inesquecível na vida da mulher é um desejo reprimido por chamar a atenção e uma forma equivocada e egoísta de exercer o seu poder sobre o outro.

Em alguns casos, pode ainda estar escondida aí uma homossexualidade enrustida. Daí a insatisfação eterna e este vício em ser desejado por várias parceiras. Divórcios e falhas de amor são frequentes. As ideias de amor não saudável, já que eles creem piamente que os relacionamentos estão associados à dor ou a falta de liberdade. E eles detestam ser controlados.

Antes de cair na armadilha deste predador sexual, stalkeie ele. Faça uma varredura pelas suas redes sociais. Veja se ele tem muitos contatos do sexo feminino, como ele escreve, que tipo de música ouve, gostos pessoais. Homens mulherengos deixam pistas claras porque sempre vão curtir fotos de mulheres lésbicas, por exemplo. Gostam de filmes clássicos de pornochanchada e se autoreferem como libertários,cult. Excesso de educação, sensibilidade e gentileza nos comentários e posts, são sinais de que ele está apenas fazendo um teatro para se tornar o “bom moço” desejado e, claro, atrair, suas vítimas em potencial. Afinal, quem não acha atraente um homem inteligente, culto, doce e sensível, não é mesmo? Mas é uma armadilha! Onde houver muito mel, tem sempre uma abelha esperta pronta para dar o bote.

Compartilhar

RECOMENDAMOS



Daniele Abrantes
Sou jornalista de espírito vintage, que ama compor músicas ,pintar, e escrever sobre assuntos voltados à compreensão das relações humanas e da profundidade da alma. Acredito que as duas maiores forças que possuem o poder de mudar o nosso dia a dia são o Amor e a Empatia. Grata por compartilhar com vocês esta jornada.

2 COMENTÁRIOS

  1. Um belo texto de uma bela escritora que tive o prazer de conhecer, gosto do jeito que diz as verdades na lata sem fazer rodeios, vá em frente ,pq terá um futuro brilhante!! Na torcida pelo seu sucesso!!! Bjos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here