Pessoas pontuais e até mesmo adiantadas não conseguem entender o que acontece com aqueles que estão sempre atrasados, não importa o horário do compromisso, há sempre um roteiro perfeito para servir de argumento à falta de pontualidade. Tem mais: geralmente esses atrasos são reincidentes, essas pessoas nunca chegam no horário seja para o que for. Trata-se de uma falta de pontualidade crônica.

“Estou a caminho”, “já estou saindo” essas são as respostas mais comuns que os atrasados dão quando recebem uma mensagem ou uma ligação questionando a demora. Não existe nada que faça com que essas pessoas cumpram o horário combinado.

Ocorre que o tempo é algo realmente subjetivo, foi inventado pelos humanos como uma maneira de medir o espaço entre as ações. Mesmo assim, cada indivíduo percebe e administra o tempo de acordo com uma série de variáveis. Para alguns é uma regra, uma maneira de se adaptar e cumprir planos e metas, para outros é um limite extremamente desconfortável e essa adaptação forçada é influenciada pelo seu caráter emocional.

O atraso e o tempo interior de cada ser
Você já reparou que o tempo parece passar cada vez mais rápido? Pois é! Quando se é criança, as horas parecem arrastadas, os dias e a semana parecem não passar. A medida que se cresce e as responsabilidades aumentam, maior parece a velocidade que o relógio gira, é preciso dar conta de tudo em determinado espaço do tempo.

Perceba, quanto mais atividades se têm, mais rápido o tempo passa. Já se as tarefas são poucas, a hora parece não passar, tamanha a letargia. Ah, tem mais detalhes…

Com certeza já teve momentos na sua vida em que você gostaria de parar o tempo, já em outras vezes, quando estava com dor ou sofrimento, parecia que o tempo realmente se estendia.

Bem, seja como for, quem estabelece essa percepção de tempo é o homem, ele que se afasta ou não da pontualidade. Se você consegue visualizar que o tempo é um recurso muito limitado e valioso, certamente você irá procurar ser muito preciso nos horários. No entanto, se essa consideração sobre o tempo não é tão elevada, você não se importará em quebrar os compromissos temporais.

Leia Mais: Conselhos para os sempre atrasados

Essa maneira de perceber o tempo, rápido ou lento, interfere em como os compromissos são estabelecidos. Muitas pessoas com falta de pontualidade são, na verdade, maus planejadores. Na realidade elas não querem desprezar ninguém, somente não calcularam bem os seus compromissos. Distraem-se facilmente e não percebem a sensação de urgência que invade aos outros quando um compromisso se aproxima. Neste caso, a falta de pontualidade só reflete distração e falta de maturidade.

Significados escondidos do atraso constante
Não seja tão otimista, para algumas pessoas a falta de pontualidade não é uma mera distração, o atraso crônico está atrelado muitas vezes ao estado de narcisismo excessivo. São pessoas que querem que o outro sinta uma real necessidade da sua presença, que lhe dê importância, que sinta a sua falta, ou seja: trata-se de uma maneira de controlar e exercer poder sobre o outro.

Mas há um outro caso que está ligado à pessoas que chegam tarde a todo lugar porque são serem muito inseguros. Postergam o compromisso, o encontro marcado, o máximo possível de maneira inconsciente pois temem a situação, não é de propósito. No fundo, temem ser rejeitados ou menosprezados, por isso não adotam precauções contra o atraso e desconhecem a razão pela qual não são pontuais.

Também existem aqueles que se acham rebeldes, querem resistir ao limite de horário, quebrar regras. A sua chegada atrasada é uma forma de tornar visível essa rebeldia. Pode ser que exista uma razão para agirem assim, parecendo que não se importam em fazer o outro esperar. Esse motivo está tão arraigado, que se torna visível apenas pelo atraso.

A bem da verdade, está claro que a falta de pontualidade tem duas vertentes: a explicita, que fixa o horário comprometido, e a oculta, que não cumpre esse acordo. É certo também que por trás da falta de pontualidade crônica sempre há uma mensagem oculta que é preciso conhecer. Não é simplesmente o trânsito ruim ou uma distração. Ter esse costume de não chegar na hora combinada é na maioria das vezes uma maneira de passar uma mensagem de forma deselegante e disfarçada.

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here