Não é fácil sentir-se preso ao seu (sua) ex após o fim de um relacionamento.

Você tenta se sentir confortável quando busca por alguém novo para se relacionar, mas o novo alguém não é a mesma pessoa do passado – aquela que você ainda ama muito, com quem você se identificou e quer reatar a relação, mesmo que ela tenha mil defeitos.

Ou mesmo que essa relação causasse muitos problemas. Entretanto, você escolheu essa pessoa para passar a vida com você. E agora, será que essa memória é a realidade do que vocês viveram juntos?

Vale se questionar se você está parado (a) num momento em que idolatra o (a) ex como um ser perfeito, cheio de qualidades maravilhosas, que completam a sua existência, e que você não foi capaz de ver enquanto estavam juntos.

Assim, sente-se culpado (a) e tem, a cada dia, mais raiva de si e o mal-estar interno aumenta, em um círculo que parece sem saída.

Seja sincera nas respostas e descubra se é hora de reavaliar os sentimentos.

*As nossas postagens são produzidas com o intuito de informar e não substituem a opinião de um profissional de saúde, um diagnóstico médico ou os tratamentos já prescritos.

Quer fazer parte de um grupo só de testes? Clique aqui!

(Imagem: Bruce Mars)

Compartilhar

RECOMENDAMOS




Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here