Pessoas que correm costumam ter a mesma opinião sobre e em esteiras: dizem que é mais fácil do que ao ar livre. O médico e apresentador da BBC Michael Mosley avaliou estas duas opções.

Para aqueles que fizeram uma lista de resoluções para 2017 que inclui fazer mais exercícios, correr parece a opção mais óbvia.

Mas o que é melhor: correr ao ar livre, no vento e na chuva, ou ir para a academia mais próxima e suar em cima de uma esteira enquanto admira seu reflexo em um espelho gigante?

Não é algo que pensei muito a respeito antes. Possivelmente porque não são louco por corrida, mas certamente é um assunto que divide os entusiastas das corridas.

Então, quais são os argumentos contra e a favor?

Energia

Primeiramente, qual destas alternativas vai deixar você mais em forma?

Os adeptos da corrida ao ar livre alegam que ela gasta muito mais energia. A principal razão é a resistência do vento, algo que você não tem muito dentro da academia.

Mas os fãs de academia afirmam que isto não é necessariamente verdade.

Em um estudo feito pela Universidade de Exeter, na Grã-Bretanha, o professor Andrew Jones levou nove corredores para correr em uma rua, medindo o gasto de energia. A pesquisa mostrou que quem corre em academia tem impressão ‘falsa’ de velocidade

Depois ele levou estes voluntários para correr na mesma velocidade em uma esteira, mas com inclinações diferentes. O que ele descobriu é que os corredores podem compensar de forma adequada o esforço extra de correr ao ar livre colocando a esteira a uma inclinação de 1%.

Velocidade

Vale a pena saber que, quando você corre em uma esteira, você tende a superestimar o ritmo que você corre.

Leia mais: Drauzio Varella: A corrida é um antidepressivo poderoso

Um estudo realizado em Cingapura, que pediu que algumas pessoas corressem ao ar livre e então corressem na mesma velocidade em uma esteira, descobriu que quando as pessoas correram na esteira elas correram significativamente mais devagar, mesmo pensando que estavam na mesma velocidade.

Os cientistas responsáveis por este estudo sugerem que isto acontece provavelmente porque, ao correr dentro de uma academia, você não tem o mesmo visual.

Ou, como os próprios cientistas explicam: “A percepção diferente da velocidade provavelmente se deve à distorção das informações visuais resultantes da discrepância entre o que foi observado e o fluxo ótico esperado”.

Qualquer que seja a causa, parece que quando corremos ao ar livre nós, inconscientemente, nos esforçamos mais.

Segurança

 

Enquanto tropeçar e ser atingido por galho são perigos ao ar livre, movimento repetitivo pode prejudicar usuário de esteira. Se correr ao ar livre supera correr na esteira em gasto de energia, qual das duas opções é a mais segura?

Na academia, é claro, é muito improvável ser atingido por galhos que caem das árvores, escorregar em fezes de cachorro ou tropeçar no meio-fio.

Mas quando se fala de lesões existe uma ameaça que é comum entre os usuários de esteiras: lesões causadas pelo uso excessivo e a repetição sem variações.

Quando você está em uma esteira a tendência é se distrair, como um hamster correndo em uma rodinha, fazendo os mesmos movimentos durante um tempo. Repetir os mesmos movimentos aumenta o risco de danos nas juntas ou ligamentos.

Então, se você usa uma esteira, é uma boa ideia misturar um pouco, variando a velocidade e a inclinação.

Leia mais: Mais um estudo comprova que exercício físico funciona como um antidepressivo

Se você corre ao ar livre, especialmente se você corre fora de áreas asfaltadas, a variedade será muito maior.

Cada passo será diferente simplesmente porque você está correndo em uma superfície desigual e variada. As pesquisas sugerem que este desafio constante não apenas fortalece os ligamentos e ativa uma variedade maior de músculos, mas também melhora o senso de equilíbrio da pessoa.

Dito isto, é preciso lembrar que a esteira pode ser mais confortável, o que é importante caso você já tenha uma lesão.

Bem-estar

O estudo mostrou que quem corre ao ar livre gosta mais. Parece óbvio que correr ao ar livre coloca a pessoa mais perto da natureza e isto só pode ser melhor do que correr em um ambiente fechado.

Mas qual é a prova? Há alguns anos os cientistas da Universidade de Exeter fizeram um esforço grande para avaliar de forma apropriada as provas a respeito e a conclusão deles foi bem clara.

Pesquisando em resultados já obtidos e registrados, eles descobriram que o exercício em ambientes naturais, particularmente em áreas verdes, “foi associado a sentimentos mais fortes de revitalização e envolvimento positivo, diminuição da tensão, confusão, raiva e depressão e um aumento da energia”.

Eles também descobriram que as pessoas que se exercitam ao ar livre alegaram gostar mais, achar que o exercício é mais satisfatório e que as chances de fazer de novo eram maiores. Mas, se estas pessoas realmente fizeram mais exercícios ou não é outra questão para ser analisada.

Uma outra vantagem de se exercitar ao ar livre é que você tem chances maiores de ser exposto ao sol e, por isso, aumentar sua dose de vitamina D.

Conclusão

Para mim a corrida ao ar livre tem vantagens claras. É muito mais variada e, quando corro numa esteira, ainda tenho que convencer meu cachorro que me assistir é tão divertido como correr pelos campos.

Mas o melhor conselho, especialmente para quem está começando, é escolher o tipo de corrida que você gosta e com o qual você tem mais chances de continuar.

Leia mais: Ter Orgasmos com Exercícios é Possível? Conheça o coregasmo

Quem está começando deve escolher local que agrada mais

Se isto significa ir para a esteira mais próxima, lembre-se de variar a velocidade e a inclinação.

E um estudo recente relatou que corredores que praticam exercícios extenuantes têm a mesma expectativa de vida que as pessoas que mal fazem qualquer exercício.

Mas o autor precisa admitir que não conseguiu provar esta pesquisa.

Compartilhar

RECOMENDAMOS

Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here