Ei, garota, sabe esse cara com quem você está se envolvendo? Ele parece ser demais, né? Super atencioso, divertido, te respeita. Uma pessoa incrível. Cheia de valores, caráter e dignidade. Mas será que é mesmo?

As pessoas – e veja bem, não falo apenas dos homens – só mostram quem verdadeiramente são, quando não querem ou não podem mais obter nada de você.

Você é linda, nós sabemos disso. Qualquer pessoa pode facilmente perceber.

Leia mais: Moço, você faz ideia da mulher que tem do seu lado?

Mas você também é muito mais do que isso. E esse ponto, só vai enxergar quem realmente quiser.

Você tem tanto para oferecer, não tem? Suas ideias, seus pensamentos, seus talentos, seu caráter, seus carinhos, seus beijos, seu amor, sua amizade, sua inteligência, etc.

E os homens que se aproximarem de você, se dividirão sempre em dois grupos: os caras que possuem interesse genuíno em conhecer o que está além do seu rostinho desenhado pelos deuses, e os caras que te enxergarão sempre como uma bu@#$% ambulante.

Leia mais: Lá no fundo, você sabia que ele era um babaca

Infelizmente as pessoas não vem com currículo e carta de recomendação. Não vem com placas na testa escrito “babaca” ou “bom caráter”. Para saber quem são, você vai ter que se arriscar. Às vezes a surpresa é boa. Outras vezes não.

Enquanto estiverem rolando os beijos e o sexo fácil, o cara será sempre o mais honrado e merecedor possível. Te fará elogios. Se mostrará interessado em tudo o que você tiver para apresentar. Será o genro que sua mãe pediu. Mas e quando os beijos e o sexo não existirem mais? Quando ele não quiser mais isso de você ou você não quiser mais isso dele? Como ele se comportará?

Engolirá o ego ferido e aceitará uma amizade pacífica e civilizada, ou agirá como uma criança cujo doce foi roubado e fará pirraça te chamando de boba, feia e chata?

Leia mais: Amor próprio ou ego inflado, qual a diferença?

Essa é a hora em que você vê o que a pessoa realmente queria com você desde o início. Se ela te enxergava como a pessoa incrível – que nós sabemos que você é – ou se você só servia para estar na cama dele numa sexta à noite.

Repare sempre nas atitudes passadas. Se esse cara tem histórico de ser um completo babaca com as mulheres que passaram anteriormente na vida dele, acredite, para ele ser assim com você também é só uma questão de tempo. Caráter não tem botão liga/desliga. Ou a pessoa é digna e honrada com todo mundo, hoje, ontem e sempre, ou não é com ninguém – nunca.

Sou da teoria de que se o mundo fosse justo os relacionamentos começariam de trás pra frente. Primeiro você conheceria quem a pessoa realmente é e depois decidiria se entraria por essa porta ou se a trancaria para nunca mais abrir.

As pessoas podem ser incríveis com o mesmo ímpeto e intensidade com que podem ser terríveis e enojáveis. É tudo questão de escolhas.

Leia mais: Não existe “a pessoa certa”. Certas ou erradas são as nossas escolhas

E diante delas, faça as suas também.

Se esse cara não serve nem como um amigo que verdadeiramente te respeita e admira, porque mesmo você o deixa ficar entre as suas pernas?

(Autora: Marina Barbieri)
(Fonte: deuruim.net)
*Texto publicado com autorização da administração do site

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here