1. Você diz que é solteiro (a)… mas não é legalmente

Se você está esperando o “momento certo” para dizer ao seu parceiro que você ainda é casado legalmente, seus dois relacionamentos estão destinados a fracassar. Não importa se você está separado ou se planeja se divorciar (um dia).

Segundo Natthalia Paccola, psicanalista e fundadora das mídias Fãs da Psicanálise, a letra da música de Renato Russo está correta: “mentir para si mesmo é sempre a pior mentira”.

Para a psicanalista, esconder filhos e esposa demonstra que a própria pessoa ainda não está disponível e vive de ilusões, alimentando essa falsa realidade em outros relacionamentos.

“Existe o desejo de se ver em um novo relacionamento, entretanto o anterior ainda não terminou. É preciso lembrar, sempre, de abrir mão do antigo para dar o espaço necessário ao novo”, pontua Natthalia.

Mentir sobre sua liberdade será devastador quando seu parceiro descobrir que você o traiu. Às vezes as pessoas mentem, dizem que já estão livres e escondem casamentos e família.

Sempre é preciso dizer a verdade sobre seus laços emocionais, mesmo que não exista amor, antes de iniciar um novo relacionamento.

Natthalia Paccola é enfática ao dizer: “Faça ao outro apenas o que gostaria de receber”.

2. Você diz que está livre … mas não está emocionalmente

A verdadeira independência emocional requer honestidade tanto com seu parceiro quanto com você.

Fingir que você está pronto para dar o próximo passo fará com que você sabote o relacionamento e será confuso e doloroso para o seu novo parceiro.

Se você não conseguir definir como fortalecer o relacionamento, pode ser honesto sobre o que sente . Você pode tentar combinar duas situações incompatíveis e, no fundo, sabe que o relacionamento está fadado ao fracasso.

Ou você pode trazer encargos emocionais que o impedem de se comprometer. Se este for o seu caso, consulte um terapeuta. Aconteça o que acontecer, seja honesto com seu parceiro para poder decidir o melhor para sua vida, com ou sem ele.

3. Você não é honesto sobre seu passado

Os relacionamentos são baseados na confiança. Isso requer mostrar ao seu parceiro quem você é, mas também quem você era. Isso não significa que você deve confessar todos os seus segredos no primeiro encontro, mas precisará abrir se quiser um relacionamento capaz de enfrentar os conflitos que inevitavelmente virão.

Esconder a verdade pode prejudicar um relacionamento com a mesma força que uma mentira. “Você nunca deve mentir sobre o motivo pelo qual seu relacionamento anterior terminou”, diz a terapeuta Kimberly Hershenson.

É importante que seu parceiro saiba o que não funcionou com você e se você mantém os mesmos comportamentos de então. Isso, é claro, abrange se você foi infiel.

Na lista, Hershenson inclui problemas de saúde mental. “Saber se você já teve depressão, ansiedade ou abuso de substâncias fornece ao seu parceiro informações sobre problemas que você possa ter no futuro”, explica ele.

Você também deve saber se seu parceiro foi preso, falido ou se existe um segredo profundo e obscuro que ele prefere não compartilhar. Existe uma grande possibilidade de que, depois de confessar, sinta-se livre e com a vulnerabilidade emocional necessária para amar e ser amado.

4. Problemas financeiros

Abrir sua vida financeira pra alguém exige muita confiança. Esconder ou mentir sobre a capacidade do indivíduo de contribuir para as finanças mútuas pode ser uma traição dolorosa.

Fingir que você pode contribuir pouco é tão letal quanto fingir ser um milionário. A conversa sobre dinheiro é essencial para planejar um futuro comum. A honestidade os ajudará a decidir se precisam de um acordo pré-comercial ou algum outro plano financeiro.

Isso também permitirá que se estabeleça as bases para um plano em longo prazo: como gastam e quanto economizam será um tema constante (o dinheiro é uma das causas mais frequentes de brigas entre casais).

5. Se você quer (ou não) ter filhos

Esta é uma questão fundamental. Você precisa confessar se deseja ou não ter filhos, especialmente se seu parceiro quiser o contrário: para que possam decidir se querem ficar juntos.

“De tempos em tempos, mentimos ou ocultamos a verdade sobre nossos objetivos, desejos. Essa falta de sinceridade pode gerar medo, ressentimento e ansiedade em um relacionamento. Quando uma pessoa não se sente livre para ser ela mesma, a frustração aumenta com o tempo”, diz Carla Marie Manly, psicóloga.

6. Se você foi infiel

“Uma das piores mentiras entre os casais está relacionada à maior ameaça para ambos: o outro”, diz a psicóloga Wendy Patrick.

“Esconder que você é infiel pode matar o relacionamento.” Também coloca seu parceiro em risco de contrair uma doença sexualmente transmissível.

“Você deve ser honesto sobre qualquer situação em que seu parceiro possa estar em perigo.” No entanto, existem pessoas que não querem descobrir se o parceiro é infiel: é essencial que eles falem sobre o problema e definam o que desejam. Assim, uma vez que cheguem a um acordo, devem respeitá-lo.

7. Você finge que está doente

“Você sempre tem que ser honesto sobre a sua saúde. Muitas pessoas fingem estar doentes, feridas ou com uma doença crônica: isso é extremamente cruel ”, diz Francis.

“Com essas mentiras, o parceiro procura sentir culpa ou compaixão e obter cuidados e apoio”. Francis sugere analisar quais são as razões por trás desse comportamento. ”Você precisa se perguntar: ‘Por que estou fazendo isso”? O que espero ganhar? Estou sendo justo com meu parceiro?

Se você achar difícil encontrar as respostas ou descobrir que já o fez em relacionamentos passados, aceite que esse comportamento pode torná-lo uma pessoa não confiável. A maioria das pessoas nunca mentirá se achar que tem outras opções”, acrescenta.

8. Você finge que é saudável

A mentira oposta é tão ruim quanto. Muitas pessoas querem proteger seus entes queridos da dor de ter que enfrentar um diagnóstico ruim ou temer pelo futuro. Mas relacionamentos fortes são construídos com base na confiança e no desejo de apoiar-se mutuamente em qualquer situação.

Mentir sobre uma doença, mesmo que terminal, tira do seu parceiro a possibilidade de apoiá-lo e cuidar de você. Não fazer isso, mesmo que fosse devido à ignorância, poderia fazer você se sentir culpado.

Também o ajudará a entender as mudanças de comportamento, humor ou hábitos que você pode ter notado, mas não pôde ser explicado. Casado ou não, lembre-se de que o compromisso que você assumiu é permanecer junto “em saúde ou doença”.

9. Dizer que está tudo bem sem ser verdade (especialmente na cama)

“Em alguns casos, você nunca precisa mentir sobre o que incomoda você ou qualquer outra questão importante”, recomenda a psicóloga Marni Feuerman.

“Com tato e sensibilidade, podemos ser honestos sobre questões importantes. Evitar a comunicação sincera, mesmo que traga problemas, os privará de ter um relacionamento autêntico.”

Mentir sobre o que você sente pode variar desde onde você quer jantar até como deseja viver. Em muitos relacionamentos, é comum mentir sobre satisfação sexual.

“Mentir é como uma bola de neve que cresce e cresce: é mais fácil continuar fingindo do que dizer a verdade. Algumas pessoas começam a esconder suas emoções e se acostumar a ter segredos sobre certos aspectos de suas vidas”, acrescenta.

Falar sobre sexo é difícil em qualquer relacionamento, muitas vezes porque não queremos que nosso parceiro se sinta mal. Ou talvez oculte nossos desejos mais profundos de não sermos rejeitados. O treinador Shannon Battle já viu isso centenas de vezes.

“Talvez sua vida sexual tenha frustrado ou chateado você. Seu parceiro percebe isso na sua linguagem corporal e pergunta se você está bem. Você pode estar na esperança de que as coisas melhorem, mas isso aumentará sua insatisfação e intensificará suas emoções. Se o seu parceiro perceber e perguntar, aproveite a oportunidade para ser honesto”, ele recomenda.

Aceite como se sente e expresse o que pensa. Seu parceiro não pode consertar o que ele não sabe. Às vezes, pode ser muito útil consultar um terapeuta sexual; o casal pode estar disposto a tentar algo novo.

10. Não sou eu, é você

Seu parceiro pode achar que algo está errado e tentar entender o que está acontecendo. Mas a falta de comunicação entre vocês pode fazer com ele o espie, verifique suas contas bancárias ou entre em suas redes sociais para descobrir o que acontece com você.

Mentiras, especialmente se forem de longo prazo, acabam sendo injustas com seu parceiro, que pode começar a sentir rejeição ao relacionamento.

Mas é pior tentar convencer seu parceiro de que ele está imaginando, que você é inocente e que nunca mentiria para ele. Pare de fazer isso: viver qualquer mentira é injusto e vocês dois merecem mais. A verdade nunca é fácil, mas é necessária.

(Fonte Original: gutenberg.rocks)
*Texto traduzido e adaptado por Naná cml da equipe Fãs da Psicanálise.

*Texto traduzido e adaptado com exclusividade para o site Fãs da Psicanálise. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.

Compartilhar

RECOMENDAMOS



Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here