Para você que teve uma semana de muitas dúvidas e poucas certezas. Uma semana daquelas onde até sorrir doeu. Porque você não estava no clima, não estava no seu melhor. Também porque você não tinha lá tantos motivos para celebrar. O cansaço, as contas, a bagunça emocional que está a sua vida no momento, tudo caindo nos seus ombros de uma vez só.

E ainda tiveram os impasses, os assuntos não terminados do coração. Você tentou organizar o que pôde, mas era muito para dar conta em poucos dias. Faltou tempo, faltou fôlego, faltou fluxo na alma. Uma hora você viria a desabar, não tem jeito. Mas não atraia mais culpas, não desperdice o que ainda sobrou de energia aí dentro do peito para sabotar a próxima semana. Porque ela virá e você precisará estar de prontidão. A solução é suavizar os golpes que passou e se jogar na direção de algo melhor.

Mas vai com calma, vai com paciência. Encontre o ritmo que combine com a sua disposição. Desfaça os nós que ficam sobre a sua cabeça e cuide mais da sua inteireza. Preencha as janelas que ganhou nesse período de exaustão com novos rumos e ideias. Aceite o passado em vez de tentar apagá-lo. Faça do presente uma intimidade do futuro. Persevere. Seja resiliente. Cure-se.

Nada está perdido, nem mesmo você. O que aconteceu esta semana teve um propósito: liberdade. Tem um horizonte lá fora te esperando.

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Guilherme Moreira Jr
Cidadão do mundo com raízes no Rio de Janeiro. É colunista do site Fãs da Psicanálise.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here