Ei, está tudo bem em não estar bem. Nem todos os dias a gente precisa se obrigar a ser feliz. Nem todos os dias a gente precisa se forçar a pensar em coisas positivas. Está tudo bem se hoje você decidir que precisa desmoronar, ninguém vai te julgar, porque ninguém é de ferro.

Alguns dias as coisas parecem fluir muito bem, mas em outros parece que o mundo é um lugar muito pesado para se viver e, por mais que saibamos que somos fortes, nossas fraquezas nos consomem aumentando o peso da vida. Mas está tudo bem se hoje, por exemplo, o seu dia não estiver bem. Não há um manual que nos ensine a viver. Não há uma regra que nos obrigue a sermos fortes o tempo todo. Somos humanos. E além do mais, ninguém disse que viver seria fácil.

Somos bombardeados com frases que, nesses dias, não fazem efeito. As pessoas dizem o tempo todo que tudo vai passar, que tudo vai ficar bem, que devemos nos animar, porque ficar triste não vai resolver nossos problemas. Somos obrigados a reprimir os sentimentos ruins para o mundo, porque não nos ensinam a lidar com eles. Mas, olha, está tudo bem em não estar bem.

Se permita sentir essa dor, para que então ela possa te transformar e partir. Pare de reprimir seus sentimentos, porque no fundo eles continuarão aí, se acumulando, e uma hora eles terão mais forças do que você. Se permita chorar, sofrer e aprender com isso. Se permita ter um tempo só para você, onde você possa refletir sobre suas dificuldades e, assim, encontrar uma maneira de solucionar o seu problema. Se permita ser humano, pelo menos uma vez.

Amanhã é um outro dia e ninguém garante que ele será fácil, mas mesmo que seja difícil, não é impossível sobreviver a ele. Você tem sobrevivido a todos os seus piores dias. E essa é a vida, uma surpresa ora boa, ora ruim. No fim, sempre fica uma lição e um pouco mais de amadurecimento. Nada é em vão. Se não foi hoje, poderá ser amanhã. Não tenha medo de errar.

Lembre-se de que você é humano, e que ser humano é ser imperfeito, e que ser imperfeito é ser, sobretudo, humano.

Compartilhar

RECOMENDAMOS




DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here