Portrait of woman lying on bed

Exames finais se aproximando, trânsito congestionado, conflitos e prazos. Esses são apenas alguns exemplos de situações corriqueiras que podem ser gatilhos para um quadro de ansiedade, através da liberação de hormônios de stress e adrenalina no corpo.

No entanto, é possível educar o cérebro a simplesmente relaxar, pois é através dele que retomamos o controle sobre as nossas reações.

O mecanismo para relaxar o corpo foi designado pela natureza especificamente para essas situações. Sua ação foi descoberta pelo cardiologista Dr Herbert Benson. Quando ativada, essa resposta automaticamente libera neurotransmissores que neutralizam os hormônios e a adrenalina.

Quando o corpo entra em estado de relaxamento, a pressão sanguínea diminui, assim como os batimentos cardíacos. Também ocorre uma redução do oxigênio na corrente sanguínea.

Mas como ativar esse mecanismo protetor e controlar os efeitos da ansiedade? Veja algumas técnicas a seguir:

1. Controle a respiração.

Faça o seguinte exercício: inspire fundo e solte o ar pela boca. Tente respirar com o diafragma.

2. Faça atividade física.

Caminhar, fazer uma corridinha leve, subir e descer as escadas. Tudo isso é válido para fazer com que você sue um pouco e perceba o resultado positivo.

3. Saiba o que seus sintomas não querem dizer.

Apesar das sensações, lembre-se de manter em mente que você não está realmente tendo um ataque do coração, ou um derrame, ou mesmo ficando louco.

Leia Mais: 7 coisas que pessoas com ansiedade gostariam que você soubesse

4. Não lute contra a ansiedade.

Às vezes a ansiedade é causada pelo medo de ficarmos ansiosos. Quanto mais lutar contra, mais ansioso ficará.

5. Relaxe seus músculos progressivamente.

Essa técnica exige um pouco mais de atenção, mas é muito eficaz. Colocando-se em uma posição confortável, faça o exercício de contrair e relaxar seus músculos, começando pelos pés e indo até a cabeça. Inspire enquanto contrair a musculatura, conte até dez e, então, relaxe. Repita o processo contando até 20 e passe para o passo a seguir.

6. Se preocupe, mas só uma vez.

Quando um problema surgir em sua mente durante esse processo, concentre-se e dê total atenção a ele. Estabeleça um limite entre 10 e 20 minutos para focar em tudo aquilo que está te incomodando e, então, deixe ir. Se sua mente voltar a pensar nisso, mude seu foco e sua atenção para alguma atividade.

Quanto mais praticar essas técnicas, mais habilidade terá para lidar com os efeitos da ansiedade. Com o tempo, você se sentirá cada vez melhor.

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here