Isso mesmo que você leu: não se canse de fazer o bem. Não se canse de dividir o pão com quem tem fome, mesmo que não receba nem um “obrigada” em troca. Não se canse de pagar um almoço ao andarilho, mesmo que as pessoas em volta digam que você está gastando seu dinheiro à toa.

Não se canse de ajudar seus pais, quando eles estiverem atarefados em casa. Não se canse de ajudar idosos desconhecidos na rua a carregar sacolas, ou a atravessar uma avenida movimentada. Não se canse de dizer a verdade, mesmo sabendo que irão mentir para você. Não se canse de trabalhar duro, mesmo sabendo que a empresa está enfrentando uma má fase.

Não se canse de fazer o bem.

Não se canse de aconselhar aquela pessoa que aparentemente nunca aprende; um dia ela conseguirá caminhar sozinha na vida, e lembrará do que você fez por ela. Não se canse de dividir seus bens, mesmo que o que lhe pertença seja pouco; um dia alguém dividirá com você o muito que acumulou. Não se canse de ensinar coisas novas às pessoas, mesmo que pareça que elas não estão prestando atenção no que você diz; um dia você as verá em posições de destaque, e ficará feliz ao lembrar que certa forma, você participou desse sucesso.

Não se canse de fazer o bem.

Não se canse de estender a mão sem pedir nada em troca; da mesma forma que você estende, alguém estenderá a mão, o braço e todo o corpo se for preciso, para lhe ajudar. Não se canse de realizar trabalho voluntário mesmo estando desempregado; pode parecer que não, mas alguém está vendo seus esforços, e lembrará disso quando for contratar um novo funcionário.

Não se canse de perdoar quem um dia te machucou; não, não se canse. Além de trazer paz ao seu próprio coração, você está lançando ao universo uma grande prova de amor.

Não se canse de tirar parte do seu salário para ajudar com as despesas da casa; um dia, você poderá ficar desempregado, e seus pais lhe devolverão o investimento feito. Não se canse de oferecer carona a quem não dirige, ou não possui veículo próprio; um dia, quando seu carro quebrar no meio da estrada, alguém irá lhe abrir a porta para que você não caminhe sozinho. Não se canse de deixar para trás as mágoas que a dureza da vida lhe trouxer; pois, quando você errar, será compreendido na mesma intensidade em que compreendeu. Não se canse de dizer palavras doces, mesmo que ao contrário disso o mundo te lance duros discursos; quando você se sentir triste, lembrará de suas próprias palavras, e isso lhe fará bem.

Leia Mais: Amar alguém só pode fazer bem

Não se canse de fazer o bem.

Não se canse de ser chamado de trouxa por escolher sempre caminhar na contramão das demais pessoas. Não se canse de ajudar a alguém a ficar bem, quando na verdade você é quem está precisando disso. Não se canse de permanecer em silêncio para evitar uma discussão. Não se canse de ouvir histórias de quem não tem ninguém para conversar.

Não se canse de espalhar amor,enquanto ao seu redor as pessoas acumulam ódio. Não se canse de fazer o bem. Não se canse, pois a lei da vida é clara, e tudo o que é plantado, um dia há de ser colhido, então, mais cedo ou mais tarde você colherá de volta toda a bondade ofertada.

Lembre-se: os céus estão sempre nos olhando, procurando por quem está cumprindo seu papel da melhor maneira possível. E quando lá de cima eles encontram um coração puro, sensível e disposto a fazer o que ainda ninguém fez, é hora de abençoar com a maior de todas as bênçãos: a prosperidade espiritual.

Espalhe afeto para amontoar alegrias; lembre-se de não plantar espinhos, pois um dia você poderá passar descalço por este mesmo caminho.

Faça aos outros o bem que você deseja receber e, com certeza, a vida lhe fará o bem que você nunca nem sequer imaginou viver.

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Raquel Gonçalves
Há quem diga que os olhos são a janela da alma, então, no meu caso, eles são uma janela bem grande e aberta. Amante das artes, do universo e das palavras, necessito de música para viver, dos astros e estrelas para pulsar e dos versos para existir. A publicidade me escolheu; por isso anuncio paz, promovo sorrisos e transmito intensidade. Sou colunista do Fãs da Psicanálise.


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here