Existem alguns passos fundamentais que fazem das promessas realidades e tiram sonhos do papel.

É importante assumir a responsabilidade pelo que deixamos de fazer, mas sem nos sobrecarregarmos com a culpa e incansavelmente buscarmos conhecimento para descortinar os impedimentos.

Pesquisas dizem que as pessoas que mais realizam, direcionam o foco da atenção para o futuro. Se existe problema, existe solução. Tendem a se lembrar de mais momentos memoráveis do passado.

Leia mais: A geração que tudo idealiza e nada realiza

Enquanto as pessoas que não se sentem satisfeitas com suas conquistas geralmente fazem o contrário: lembram constantemente de situações que não deram certo. Tendem a se vitimar ou se culpar.

O ser humano é complexo e cada pessoa é única. No entanto, ao modelarmos o “mindset” dos grandes realizadores, podemos destacar algumas estratégias fundamentais para ir além e conquistar:

1. Saber exatamente o que se quer. Colocar no papel, no positivo e separar por áreas da vida.

2. Especificar o que deseja realizar. Não basta dizer “quero ganhar mais dinheiro”. Quanto é esse mais? 15% a mais no salário mensal pede um plano de ação. No entanto, se o objetivo é fazer vinte vezes mais que a receita atual, a situação é muito diferente e exige uma estratégia mais desafiadora. Talvez seja necessário investir em novas formações, conhecimentos, etc.

Leia mais: Ano Novo: vamos trocar as promessas por respostas de compromisso?

3. Considerar os ganhos e as perdas. Se o objetivo é emagrecer, por exemplo, é importante lembrar que, além de perder peso e medidas, talvez tenha que abrir mão de alguns churrascos e happy hours. Será mais fácil continuar com o plano se tiver em mente os prós e os contras – para que, assim, possa negociar as recompensas quando os obstáculos aparecerem. Não tenha dúvidas, eles aparecerão.

Quando queremos algo pelo qual precisamos batalhar para conseguir, inevitavelmente teremos que sair de nossa zona de conforto. Isso significa enfrentar os demônios interiores até ultrapassar os limites autoimpostos.

4. Descobrir o propósito por trás do objetivo. Quando sabemos o verdadeiro propósito por trás de um objetivo, nos tornamos capazes de realizar o extraordinário.

Certa vez perguntaram a Ghandi o que fazia para que suportasse a dor de seus longos jejuns, e ele disse: “O meu propósito é tão grande, que por ele vale a pena viver e por ele vale a pena morrer”. Sua ambição era libertar um país. Ou seja, quando encontramos o real motivo por trás de um objetivo, quando sabemos os valores envolvidos, os desafios, por mais desafiantes que sejam, valem a pena.

Leia mais: Qual o propósito da sua vida?

5. Ter clareza se o que você quer é alcançável. Não adianta querer ser jogador de basquete profissional se sua altura é 1,69m, quando a média dos atletas dessa categoria é de 2 metros de altura. Nesse sentido, é importante não desperdiçar energia, e sim, colocar a atenção no que é possível realizar.

No entanto, para um sedentário, correr a maratona de Nova York pode parecer impossível. Mas acredite: é absolutamente realizável desde que se tenha um plano para chegar lá.

6. Ter um direcionamento em relação ao tempo. Muitas pessoas acham desafiante colocar prazo para seus objetivos. Às vezes colocam prazos tão curtos que não dá tempo de concluir os passos necessários para conseguir. Em outras situações esticam tanto o prazo que acabam perdendo o entusiasmo.

Nesse sentido, quando se consegue estabelecer um tempo adequado para realização fica mais fácil encontrar os meios para conseguir. O objetivo é de curto, médio ou longo prazo? Tenha clareza do tempo em relação ao seu objetivo.

Leia mais: TESTE: Você conseguiu cumprir suas promessas de Ano Novo?

7. Ter visão clara do que se quer e encontrar meios de medir o progresso durante a jornada. Essa é uma diferença que poderá fazer toda diferença.

8. Objetivos pedem ações e essas pedem estratégias. Metas alcançáveis seguidas de minimetas para tornar sonhos reais. São as pequeninas ações diárias que nos levam aonde queremos chegar. Faça mais de um plano de como vai conseguir cumprir o que prometeu. Geralmente as pessoas conseguem colocar em prática o plano B ou até mesmo o C ou D, etc.

Criatividade é uma habilidade como qualquer outra: quanto mais exercitamos, mais disponível ela se torna. Use-a para imaginar várias maneiras de atingir seu objetivo. Ação criativa é uma das regras que faz dos persistentes, vencedores.

(Autor: Hilda Medeiros)
(Fonte: administradores.com.br)

Compartilhar

RECOMENDAMOS

Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here