Talvez seja seu parceiro, seus pais, seus filhos, seu chefe ou até mesmo seu melhor amigo ou um colega de trabalho, pessoas com quem você interage frequentemente e que, pouco a pouco, vão ganhando espaço em sua vida, às vezes até demais, indo além dos limites do que poderia ser considerado saudável.

Essas pessoas podem ter uma influência negativa na maneira como você pensa, sente e se comporta, afetando seu equilíbrio emocional, porque você lhes deu muito poder em sua vida. E à medida que o controle delas cresce, você se diminui cada vez mais.

O problema é que muitas vezes os sinais são tão sutis que passam despercebidos e os atribuímos a outras circunstâncias. No entanto, aprender a detectar a tempo esses sinais de dominação ou manipulação é essencial para recuperar o controle sobre sua vida.

Os sinais de controle emocional que indicam que você está deixando sua vida nas mãos dos outros são os seguintes:

1. Você se sente cada vez mais culpado

Se você muda suas decisões e comportamentos porque alguém está criticando você, isso significa que você está lhes dando um enorme poder sobre você. Se essa pessoa culpa-o, direta ou indiretamente, e você assume que a responsabilidade é totalmente sua, se sentindo mal mesmo com coisas que realmente não têm a ver com você, é provável que essa pessoa esteja manipulando você. É por isso que, quando você está ao lado dessa pessoa, você geralmente se sente culpado. Este é um sinal de alarme que lhe diz que você deu-lhe muita liberdade para brincar com suas emoções.

2. A opinião dos outros dita sua autoestima

Algumas pessoas não gostam das decisões que você toma, e elas podem lhe dar sua opinião sobre isso, mas se de repente você perceber que começa a se sentir mal consigo mesmo porque suas opiniões geram uma autoimagem negativa, é hora de dar um passo para trás. Se você descobrir que sua autoestima sobe e desce dependendo das opiniões ou do grau de aceitação de alguém, você tem um problema: você está dando muito poder e está deixando que suas avaliações influenciem em como você se vê e se sente.

3. Você reclama das coisas que “tem” que fazer

Se você descobrir que nos últimos tempos está reclamando mais do que o habitual, talvez seja porque alguém está tentando impor-lhe suas decisões e sua maneira de ver a vida. É comum entre filhos cujos pais querem decidir sobre suas vidas, “forçando-os” a assumir responsabilidades e realizar projetos que realmente não lhes apetecem ou interessam, apenas porque é o que “deveriam” fazer. Portanto, se a insatisfação tomou conta da sua vida e, ultimamente, os compromissos começam a pesar sobre você, chegou a hora de reavaliar suas prioridades.

Leia Mais: 12 atitudes que tornam a sua vida mais difícil do que deveria ser

4. Você se esforça demais para mostrar que alguém está errado

Às vezes, quando alguém tem muito poder sobre você, em vez de usar uma estratégia de enfrentamento direto, você empreende uma luta subliminar para mostrar que a pessoa está errada, com a intenção de recuperar sua liberdade. Na realidade, esta é uma estratégia perdida que não leva a lugar nenhum. Suas decisões são suas, você não precisa convencer os outros, então se você descobrir que está tentando convencer alguém de que tomou as decisões corretas, reavalie suas verdadeiras motivações. Uma coisa é explicar seus motivos e outra é precisar da aprovação dessa pessoa.

5. Você tenta muito evitar críticas

As opiniões dos outros podem ajudá-lo a crescer e tomar melhores decisões, mas se em algum momento você descobrir que está se esforçando demais para evitar críticas, você tem um problema. Isso significa que você está focando sua vida em agradar os outros, em vez de fazer o que realmente gosta e lhe satisfaz. É óbvio que devemos encontrar um ponto de equilíbrio, mas também é óbvio que não é possível viver a vida que os outros querem. É por isso que, se tem medo da crítica de uma pessoa, é porque lhe deu tanto poder em sua vida que está deixando que ela determine seu valor.

6. Você deixa que extraiam o pior de você

Todos nós temos um lado luminoso e um lado mais escuro. É normal. No entanto, se você acha que quando você interage com uma pessoa quase sempre responde com irritabilidade, tensão ou raiva, isso significa que você está lhe dando muito poder sobre você, está permitindo que extraiam o pior de si. Essa pessoa está exercendo uma influência negativa e não vai ajudá-lo a crescer, muito pelo contrário. Não importa o quão emocionalmente estável somos, há pessoas com quem é difícil de lidar, e elas acabam apertando nossos botões vermelhos e colocando à prova nossa paz interior.

7. Você gasta muito tempo falando sobre uma pessoa que não gosta

Cada minuto que você gasta pensando sobre alguém que você não gosta ou reclamando sobre suas atitudes, você perde 60 segundos de felicidade. O problema é que muitas vezes essa pessoa pega você em sua rede e, sem perceber, gradualmente você passa mais tempo reclamando dela do que resolvendo seu problema com ela. Portanto, se você pensa muito sobre as atitudes ruins de alguém, suas palavras ofensivas ou suas críticas, você está dando a essa pessoa muita importância em sua vida e talvez você deva aprender a estabelecer uma distância psicológica.

(Link original: rinconpsicologia)
*Tradução e adaptação por Marcela Jahjah, da equipe Fãs da Psicanálise

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here