Quer você queira ou não, as pessoas com as quais você se envolve acabarão influenciando você.

Se você se cercar de pessoas positivas e entusiasmadas, o otimismo irá lhe contagiar. E o contrário também ocorre, se você se cercar de pessoas estressadas e pessimistas, é provável que você acabe assumindo sua visão do mundo e que você perca a vontade de viver. Nunca se esqueça de que as emoções são contagiosas.

Claro, existem situações em que não podemos escolher aqueles que nos rodeiam, como no trabalho, mas podemos decidir se deixamos essas pessoas entrarem em nossas vidas ou não.

Portanto, quando chegar a hora de decidir quais pessoas você deseja ao seu lado, você deve pensar que, não importa quanto autoestima e autoconfiança você tenha, mesmo a rocha mais difícil acaba sendo corroída pela ação contínua do mar.

Isso significa que você deve tentar cercar-se com pessoas interessantes, não interessadas.

Quem são as pessoas interessadas?
Todos somos, em maior ou menor grau, pessoas interessadas. No entanto, existem pessoas que só chegam a nós porque querem algo, mas não estão dispostas a dar nada em troca. Você irá reconhecê-los porque:

1. São pessoas que se comportam como vampiros emocionais, então, no final de uma conversa, até a mais trivial, é provável que você sinta como se toda sua energia fosse extraída.

2. São pessoas muito exigentes, que nunca estão satisfeitas com o que você lhes dá. Não importa quantos sacrifícios você tenha feito ou quanto você tenha tentado satisfazê-las, nunca será suficiente e eles o informarão.

3. São pessoas que não se comprometem com o relacionamento e não estão dispostas a dar nada, a menos que recebam algo importante em troca. Com essas pessoas, as relações perdem seu aspecto afetivo para se tornar uma espécie de troca comercial.

4. Elas conseguem gerar sentimentos negativos em você, como culpa e insegurança. São verdadeiros mestres em fazer os outros se sentirem mal, especialmente se eles não cedem aos seus pedidos.

Na verdade, essas pessoas não são ruins, o problema é que elas não sabem como se relacionar de qualquer outra forma. Elas acreditam que eles são o centro do universo e seu egoísmo as faz pensar que todos devem se tornar seu “sujeito”.

Para manter um relacionamento cordial com elas, você deve fazê-las entender que você as respeita, mas que você também espera que elas respeitem sua individualidade. Marque os limites e certifique-se de não ultrapassá-los.

Deixe-as saberem que você não vai cair em seu jogo e que você pode ajudá-las em determinadas situações, mas isso não significa que você estará sempre à disposição.

Quem são as pessoas interessantes?
Uma pessoa interessante é alguém que nos traz muito do ponto de vista emocional e intelectual. Estas pessoas:

1. São arquitetas de emoções positivas e fazem você rir, mesmo nos maus momentos, ficando ao seu lado quando você mais precisa.

Leia Mais: PESSOAS TÓXICAS: COMO IDENTIFICAR, EVITAR E NÃO SER UMA

2. Elas permitem que você cresça como pessoa, ajudando você a entender o que você não pode ver de relance e ampliar sua visão.

3. Elas não sabem tudo, mas eles têm uma mente alerta e curiosa sempre pronta para explorar coisas novas ao seu lado.

4. Elas sabem realçar o melhor que há em você, te valorizam, tornando você a melhor versão de si.

Pessoas interessantes são sempre deslumbrantes, seja por seu conhecimento, sua capacidade de transmitir carinho, sua empatia ou sua autenticidade.

Elas não são pessoas perfeitas, ninguém é, mas sabem como acolher e respeitar os outros. São pessoas com quem você se conecta quase que imediatamente e sente uma total empatia porque compartilha ideias, paixões e passatempos.

Muitas vezes, essas pessoas não estão interessadas em “encaixar” ou “se adaptar”, então, em muitos casos, suas atitudes e pontos de vista representam um desafio para os outros. Na verdade, essa é uma das razões pelas quais as achamos tão estimulantes porque, apesar de compartilhar valores, elas também são muito diferentes e se tornam agentes de mudança que impulsionam nosso crescimento.

Procure por pessoas que vibram, que sabem criticá-lo sem machucá-lo, pessoas que perseguem seus sonhos e espalham sua alegria, que não perdem o coração, que procuram soluções e que reconhecem seus erros quando cometem erros.

Quando você encontrar, não as deixem escapar porque elas são um achado precioso.

E, claro, tente se tornar uma pessoa assim, uma pessoa interessante que vale a pena gastar tempo e se comprometer.

(Traduzido por Thalitha Miranda, do Rincón de la psicología para o Portal Raízes)

*Texto compartilhado com autorização da tradutora.

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here