Converse com qualquer caminhante, campista, pescador ou homem do campo sobre o que os atrai à natureza e garanto que você sentirá seus benefícios restauradores.

Em situações em que você se sentiu sobrecarregado por desafios em sua vida profissional ou pessoal, você não precisou desesperadamente de um sopro de ar fresco para afastar sua mente de tudo? Não precisou daquele momento fugaz para fugir de tudo e reiniciar?

Mesmo que fosse apenas para sair do ambiente em que estava para limpar a cabeça de um dia estressante de trabalho, provavelmente você teve um encontro com a natureza, embora em uma escala muito menor.

As pessoas passam a maior parte do tempo dentro de casa, após o período de trabalho, especialmente os que moram em áreas mais urbanizadas. À medida que os fatores de stress do dia se acumulam e pesam sobre nossos ombros, isso começa a afetar nossa saúde mental e física. Se não cuidarmos de nossas mentes e corpos, criamos um terreno fértil para o estresse, a ansiedade, a fadiga e a depressão.

Os ávidos homens do campo sempre prezaram pelos benefícios restauradores da natureza, porém agora existem estudos científicos que apoiam essas alegações. Pesquisadores da Universidade de Utah, descobriram evidências que provam que somos “físico e mentalmente mais saudáveis quando estamos interagindo com a natureza.” Os nossos corpos e cérebros respondem positivamente ao estarem em grandes espaços ao ar livre, por poucos minutos ou por um fim de semana inteiro. No entanto, quanto mais tempo você estiver na natureza, mais sentirá seus benefícios restauradores.

Alguns são céticos a estes dados, e só um pequeno número de pessoas preferem a pequena exposição à natureza, mas se estar na natureza te faz sentir bem (e você encontrou o equilíbrio certo que funciona para você), certifique-se de dar esse tempo a você mesmo. Cultivar um estilo de vida mais feliz e saudável requer priorizar passar um tempo na natureza, independentemente de como agitada sua agenda pode parecer, e aqui está o porquê:

A natureza reequilibra sua saúde mental

Caminhar pode ajudar a reduzir os efeitos do estresse, ansiedade e depressão. Você pode pensar que caminhar em qualquer lugar fora de sua casa conte como “caminhar na natureza”, mas onde você anda, realmente importa. As pessoas que percorrem bairros cercados por trânsito e edifícios são menos felizes do que aquelas que passeiam por um parque. Você pode andar em torno de seu bairro, será suficiente para limpar a sua cabeça, mas seu cérebro ainda vai pegar todos os ruídos altos e comoções acontecendo ao seu redor. Embora você não esteja diretamente envolvido no choro, ele ainda atrapalha sua capacidade de relaxar; Se sua mente não pode relaxar, seu corpo também não pode.

Leia Mais: 4 benefícios que o contato com a natureza pode proporcionar a você

Caminhar ao ar livre, no ambiente certo, por apenas 20 minutos tem sido usado para eliminar o estresse, as pessoas que caminham pelo meio da natureza tendem a experimentar sentimentos mais substanciais de paz e felicidade. Mas os benefícios para a saúde mental não estão restritos ao exercício sozinho. Quando substituímos nossas telas de televisão e computadores por cenários naturais, somos capazes de nos recuperar mais rapidamente do caos de nossas vidas diárias.

A natureza nos conecta com os outros

Alguns buscam a solidão na natureza para se regenerar; outros acham que a natureza aumenta sua capacidade de se conectar com os outros. Ao nos desconectarmos das distrações da sociedade, podemos começar a cultivar relacionamentos mais íntimos com as pessoas ao nosso redor. Como a mente fica mais clara e intuitiva, abre espaço para interações abertas e significativas.

A natureza nos acalma

Quando Strayer explica nossos cérebros, ele quer que as pessoas entendam que eles não são “incansáveis máquinas que pesam três quilos; eles ficam facilmente fatigados”. Nossa capacidade mental não consegue lidar com tanto esforço; a mentalidade “vai-vai-vai” pode parecer uma abordagem produtiva para fazer as coisas, mas na verdade nos impede de sermos criativos e cheios de energia. Nos afastar do nosso dia-a-dia nos permite desacelerar e focar no que está na vanguarda de nossas mentes, ao invés de forçar nossos cérebros para multitarefa. Quando desaceleramos e permitimos que nossas mentes se recuperem, a criatividade e a produtividade podem ser despertadas.

Durante séculos, os seres humanos celebraram a natureza benéfica da nossa saúde, felicidade e longevidade. A ciência ainda não está inteiramente lá, mas a pesquisa está gradualmente provando que nossa intuição tem estado certa o tempo todo.

(Autor: Jan Janura)
(Fonte Original: thriveglobal)
*Texto traduzido e adaptado por Carolina Marucci, da equipe Fãs da Psicanálise.

Compartilhar

RECOMENDAMOS



Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here