Um psicoterapeuta é geralmente visto com um pouco de desconfiança, porque costuma-se pensar que são mais teóricos e vê-los só é necessário em casos extremos. As pessoas consultam psicoterapeutas quando têm problemas. Mas como você sabe se chegou ao ponto em que precisa ver este especialista para “curar” sua alma e como se percebe isso? Bright Side reuniu os 10 sinais mais populares, baseado no artigo do The Huffington Post, que indicam que você poderia precisar ver um psicoterapeuta.

“As coisas vão bem pro meu lado, mas toda manhã eu acordo querendo me matar”

Às vezes, as pessoas têm uma condição que parece como se um evento terrível tivesse sido apagado de suas memórias, mas os sentimentos ainda estão lá. Como consequência, elas têm boas memórias mas, devido a razões desconhecidas, estão em completa melancolia, seguida de irritabilidade, constante apatia e uma depressão incompreensível. Seus sentimentos nunca mentem – se parece que você vem se sentido mal por um longo tempo – não é uma ilusão. A principal questão aqui é porque e de onde esses sentimentos vêm.

Um psicoterapeuta ajudará você a definitivamente descobrir qual é o problema. As razões podem ser diferentes – desde uma depressão que tem passado despercebida, até sintomas de uma doença séria. Pode acontecer que essa irritabilidade, no seu caso, seja uma reação absolutamente saudável e é você que não percebe a verdadeira situação ao seu redor.

“Sinto-me fazendo as coisas erradas e vivendo uma vida que não é minha”

Sua outra metade não é sua outra metade; você se especializou na profissão errada e seu potencial está em algum outro campo; e esta cidade cinza e depressiva não é o lugar onde você deveria estar. Tudo isso parece ser como uma versão alternativa infeliz da sua vida presente.

Todas essas coisas não aparecem sem motivo. As razões mais óbvias estão em sua educação e nas expectativas que foram depositadas em você pelos seus pais. De qualquer maneira, um psicoterapeuta pode dar-lhe melhores explicações sobre o que está acontecendo.

“Sinto-me andando em círculos e continuo cometendo os mesmos erros”

Você fica cansado dos seus amigos de tempos em tempos, não consegue se manter em um emprego por um longo período, e tem os mesmos problemas com todos os seus chefes e colegas. Esses conflitos são sempre os mesmos e seus relacionamentos românticos sempre seguem os mesmos trágicos cenários. Tédio. É este o seu destino?

Não. Uma das razões pode ser um mecanismo de defesa da psique, que está tentando afastar experiências traumáticas da sua consciência. Você não percebe que elas estão lá e cada vez que você as encontra, parece ser a primeira vez. Uma pessoa não consegue lidar com todas essas emoções sozinha, por isso um psicoterapeuta será de grande ajuda.

Leia Mais: Dicas de terapias alternativas para melhorar o cotidiano e a qualidade de vida

“Tenho dores de estômago/cabeça constantes, mas nenhum médico consegue descobrir a razão”

Não é de se admirar que cada vez mais se diz que todas as doenças vêm da mente. Ano após ano, numerosos estudos confirmam que o stress pode se manifestar na forma de uma ampla gama de doenças físicas – de indigestão crônica a dores de cabeça, passando por gripes frequentes e mesmo uma diminuição da atividade sexual. Então, se você não está feliz com o tratamento da sua doença e nenhum médico lhe diz o que está errado, é tempo de checar a mente – as respostas estão lá.

“Não consigo deixar de procrastinar”

Nota: procrastinação não é um problema, é um sintoma (é claro que não estamos falando da preguiça normal). Gestão de tempo, intensa força de vontade e treinamentos diversos não irão lhe ajudar aqui. Procrastinação pode ser um sinal de alguma coisa séria, começando com a falta de fé em seu próprio sucesso (o que você pode nem mesmo suspeitar) e terminando com os erros dos seus pais.

“Odeio minha aparência”

Autocrítica e o desejo de melhorar são, na verdade, boas coisas. Contudo, se o meio em que você convive coloca muita ênfase em sua aparência, mas você está sempre insatisfeito com isso, ou se você sempre pensa que, se você mudasse só um pouco sua aparência, sua vida seria melhor, este é um problema psicológico. Isso significa que provavelmente há outra pessoa que pode ser culpada por todos esses complexos. Mas quem? Onde? E quando isso aconteceu?

“Sempre me sinto culpado”

Você se deixa ser manipulado e é fácil convencê-lo de que está errado. Está sempre se desculpando o tempo todo. Sente-se como se sempre fizesse alguma coisa errada. Talvez você não esteja nem mesmo percebendo que frequentemente tem esses tipos de sentimentos dentro de si. E não é assim que deveria ser. Um psicoterapeuta pode ser consultado para ajudar.

Leia Mais: 6 Características de um bom psicoterapeuta

“Sempre me envolvo em relacionamentos complicados”

O mesmo tipo de homem/mulher, o mesmo tipo de conflitos, a perda de interesse, tédio, esperanças perdidas – todas essas coisas horríveis sempre acontecem em sua vida pessoal de novo e de novo. É provável que o problema seja por causa de seus pais. Mas qual problema? Pode haver milhões de variações e um médico ajudará você a reconhecer qual é o seu.

“Sempre me sinto nervoso interagindo com as pessoas”

Suas mãos tremem cada vez que você está a caminho de uma reunião importante. Tremem sempre antes de um encontro, uma reunião com amigos, com seu chefe, etc. Isso não é só um sinal de que você é uma pessoa tímida e sensível, mas também um indício de que um claro complexo se estabeleceu em sua mente. Você sabe quem pode ajudar? Bingo! Um psicoterapeuta.

“Meus amigos sempre reclamam sobre mim”

Você sempre perde seus amigos, afasta-se de pessoas próximas, algumas pessoas conhecidas cortam abruptamente a comunicação com você, param de responder suas ligações e mensagens e de convidá-lo para confraternizações. Tudo isso pode ser um sinal de que você ultrapassou o limite da paciência e do apoio amigável delas e que você tem um problema que realmente não percebe. Se isso acontece constantemente com as pessoas do seu convívio, então é a hora certa de conversar com alguém que possa ajudar a compreender o seu comportamento.

Por último, mas não menos importante

Nós todos temos um e outro sintoma de tempos em tempos. Se você está se sentindo mal esta noite, se tem uma dor de cabeça, se não gosta de sua imagem no espelho, ou se seu melhor amigo não respondeu sua mensagem, isso não significa que você deve sair correndo para procurar um médico. Esses sintomas deveriam alertá-lo somente se eles têm estado com você há muito tempo e tornam sua vida difícil. Se eles não prejudicam a você ou às pessoas que você ama, então eles não são nenhum problema.

Você alguma vez já encontrou algum desses sinais em você mesmo ou nas pessoas com quem convive? Como você encontrou a saída? Por favor, conte-nos sobre isso nos comentários!

(Fonte: brightside)

*Traduzido e adaptado por Marcela Jahjah, da equipe Fãs da Psicanálise.

(Imagem: Ryoji Iwata)

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here