Não há nada mais doloroso que a rejeição. O sentimento de inferioridade é a companhia de quem tentou desesperadamente ser metade de alguém que preferiu ser inteiro só. Os olhos sem brilho na direção de um olhar apaixonado… O sorriso aberto que recebe em troca uma linha fina, fechada e sem uma gota de amor.

Não dá certo uma vez. Não dá certo duas vezes. Não dá certo vinte e cinco vezes. Aparentemente nunca dá certo. A sensação de vazio é quase uma obrigação. A vida deveria ser mais fácil, não é mesmo? Corações não foram feitos para se partir. E dos cacos que sobram tentamos insistentemente formar a imagem de uma pessoa forte e segura de si, que quer apenas continuar sorrindo e vivendo, sem se importar em todas as noites ir dormir na companhia do travesseiro, que, de tantos apertos, acorda marcado. Mostramos ao mundo que somos fortalezas, mas nos esquecemos de que quanto maior e mais altas as torres de um castelo, mais fácil é sentir-se só dentro dele.

Por que nunca dá certo? Seus amigos dizem que é porque você se entrega rápido demais; sua família diz que é porque você escolhe demais; seu espelho diz que é porque você precisa se arrumar melhor e seu coração sem esperança diz que é porque você não nasceu para o amor.

E em meio às muitas vozes que gritam dentro e fora de sua mente, você se permite acreditar que sim, a culpa é sua. Você deveria ser mais quieta mesmo. Garotos não gostam das meninas que falam alto; eles preferem as quietinhas. Você deveria ser menos legal. Garotas não sabem valorizar bons rapazes; elas preferem os que as tratam mal. Você deveria ser menos. Não importa o quê, mas deveria.

A repetição do roteiro entre seus romances te obriga a acreditar que o problema está em você, no seu jeito de ser e na sua personalidade, mas eu preciso te dizer: isso não é verdade. O problema não é quem você é, o problema é que nem todos são capazes de lidar com quem tem muito a oferecer.

Seu jeito de ser (e de amar) não estão errados. Suas roupas, corte de cabelo e o tamanho das suas pernas não significarão nada para a pessoa que conseguir compreender como é bonita a imensidão da sua alma, mas para as demais, tudo isso será apenas desculpa dada a quem não pôde permanecer por perceber que um oceano de sentimentos feito você não se contenta com gente que prefere ficar sentado às margens observando a água.

Você precisa de alguém que se lance à sua profundidade sem nem ao menos cogitar a possibilidade de recuar. Alguém que queira conhecer cada pedacinho de quem você é, e que não se importe com a maior realidade de todos os tempos: você é humano, e por isso, assim como qualquer outra pessoa, é composto por erros e acertos.

Leia Mais: Eu não preciso ser a metade de outra pessoa

Alguém que seja inteiro o suficiente para lhe fazer transbordar e que ao mesmo tempo seja metade o suficiente para permitir que você participe de sua vida. Alguém que com a simplicidade de seus gestos mostre que tudo o que foi reputado por defeito, na verdade é a parte mais bonita do teu ser.

Não se apavore na tentativa de acertar o alvo. A pressa – já dizia minha avó – é inimiga da perfeição. Quando damos espaço à ansiedade corremos o sério risco de mais uma vez nos frustrar, ou ainda pior que isso, corremos o risco de nos permitir viver um amor meia boca pelo simples medo de passar mais um ano sozinhos.

Espere pela pessoa imperfeita que ao seu lado construirá uma história perfeita à maneira de vocês dois. O relacionamento mais bonito não é o repleto de fotos nas redes sociais, nem o que em menos de um ano se torna em casamento. O relacionamento mais bonito é o que cura suas feridas sem que você precise sangrar mais um pouco.

Você merece alguém que queira todos os dias olhar nos seus olhos e agradecer aos céus por sua presença. Você merece alguém que te leve para sentar à beira do rio nos dias difíceis e que se aninhe no seu peito nos dias fáceis. Alguém que compreenda seus traumas e que ao invés de rir deles cuide para que nenhuma memória ruim retorne. Você merece alguém que seja insuportavelmente necessário em seus dias ao ponto de não ser possível (nem preciso) lembrar os dias de solidão.

Apenas aguarde e não se esqueça de que sua personalidade é o que há de mais bonito em você. Por isso, continue sendo essa imensidão de pessoa e que seja infinito em seus dias somente quem quiser ir além.

Imagem: Zoriana Stakhniv

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Raquel Gonçalves
Há quem diga que os olhos são a janela da alma, então, no meu caso, eles são uma janela bem grande e aberta. Amante das artes, do universo e das palavras, necessito de música para viver, dos astros e estrelas para pulsar e dos versos para existir. A publicidade me escolheu; por isso anuncio paz, promovo sorrisos e transmito intensidade. Sou colunista do Fãs da Psicanálise.


DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here