Eu sei o quão difícil pode ser respirar.

A vida coloca um vício em você de uma maneira que você não pode explicar.

Você não pode colocar em palavras a constrição em sua alma.

Você não sabe como chegou aí, você apenas sabe que vai e vem, como um amante desobediente.

Sua alma presa em meio a nós, arrepios em sua pele soletrando seus segredos, um frio implacável percorre sua espinha. Seu estômago, incapaz de digerir, desaba sobre si mesmo.

Sua mente, um guarda, mantendo você na prisão do seu corpo.

Eu estive nesse ponto e se você estiver também, lembre-se que você não está sozinho.

Às vezes você tem que desacelerar, então você pode escapar para o túnel subterrâneo de sua – que é mais frequentemente enterrado sob o concreto que pesa e coloca seu espírito para baixo.

Haverá dias em que a melhor coisa que você pode fazer é nada.

Sinta o peso … chore … durma. Não há definição de autocuidado.

Mas mesmo naqueles dias em que a dor parecer interminável, lembre-se da fé enterrada profundamente dentro de você que, uma vez liberada, levará você à liberdade.

Leia Mais: 3 ensinamentos de Buda para promover equilíbrio na sua rotina e viver melhor

Liberdade de quê? Da prisão criada pelos seus medos mais profundos.

Você pode temer que seja inadequado, indigno de calor e compaixão.

Você pode temer que você irá falhar. Que seus sonhos nunca serão alcançados.

Você pode temer ter sonhos ou desejos, porque você não acha que eles vão se tornar realidade de qualquer maneira e a rejeição e decepção é demais para suportar.

Você pode ter medo de chegar apenas para não ser afastado.

Você pode falhar … mas você se levantará.

Todo dia que amanhece, você tem a chance de se levantar, como o sol.

Você pode ter se arrastado para dentro de si mesmo, mas pode emergir daquela escuridão para a luz que sua fé cria. Você não tem que temer a esperança ,talvez a porta se abra e seu sonho se concretize … talvez a mão que você estende seja envolvida por outra … que talvez, apenas talvez, hoje você sinta o calor que libera sua alma das correntes do medo criado.

Eu estou aqui para validar suas lutas.

Mas estou aqui para lembrá-lo de que o espaço que você ocupa no mundo é valioso.

Você é importante, não importa o que possa ter dito a si mesmo ou sido informado por outra pessoa.

Você está além do adequado, você é magnífico.

Você está além do merecimento, você é inestimável.

Você pode ter cicatrizes, mas é aí que a luz pode entrar e as sombras são expulsas.

Cada respiração que você toma, embora trabalhada, é um testemunho de sua força, outra chance de continuar.

Outro passo em direção a sua luz.

A fé é outro sopro de distância.

Respire, minha querida. Respire.

 

Autor: Jasmine Sims

Fonte Original: https://thoughtcatalog.com/

Texto traduzido e adaptado por Carolina Marucci da equipe Fãs da Psicanálise.

Compartilhar

RECOMENDAMOS


Fãs da Psicanálise
A busca da homeostase através da psicanálise e suas respostas através do amor ao próximo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here